Inglesa veste todas as roupas da mala para não pagar excesso de bagagem

23/04/2019 15:31

Não foi tão fácil assim colocar sete vestidos, dois pares de sapatos, dois shorts, uma saia e um casaco, além da roupa que ela já vestia quando chegou ao aeroporto

Publicidade

Por que pagar por excesso bagagem se você pode se vestir com as roupas da mala?

Foi com esse pensamento que a administradora inglesa Natalie Wynn, de 30 anos, conseguiu embarcar usando todas as peças que seriam transportadas na bagagem.

A viajante pagaria 75 libras, o equivalente a R$ 382 reais de taxa de bagagem. Ela levava 9,4kg de bagagem, mas a permissão era para levar apenas 6kg a bordo. Mas rapidamente, Natalie achou a solução para o problema: na área de embarque vestiu as peças.

Divulgação

Na área de embarque Natalie vestiu as inúmeras peças- Foto: The Irish Sun/Reprodução

Onze peças extras

Mas não foi tão fácil assim colocar 11 peças extras: sete vestidos, dois pares de sapatos, dois shorts, uma saia e um casaco. Tudo isso ela colocou por cima da roupa que já vestia quando chegou ao aeroporto. Natalie tomou o voo que saía da Inglaterra rumo às ilhas Canárias.

A viagem em si não foi das mais fáceis, não somente por conta da mobilidade, que acabou ficando comprometida, mas pelo fato de ocupar um espaço maior e sentir o calor que tantas roupas lhe resultaram. “Eu estava fervendo naquelas roupas. Achei que ia passar mal por conta do calor”, comentou em entrevista ao The Sun.

Atualizada às 16h22



Publicidade