Na web, candidato ao Mister Brasil sofre ataques racistas e homofóbicos

23/04/2019 15:31

Candidato ao Mister Brasil e casado com o prefeito de Lins (SP), Max Souza, de 24 anos, tem sofrido ataques nas redes sociais.

Publicidade

Candidato ao Mister Brasil e casado com o prefeito de Lins (SP), Max Souza, de 24 anos, tem sofrido ataques nas redes sociais.

O paulista precisou lidar com ataques na internet e desabafou: “Tive muitos comentários positivos, me parabenizando com a vitória e sou grato por isso. Mas, infelizmente, um deles foi muito ofensivo, um comentário cheio de ódio, cheio de preconceito apenas por causa da minha cor”.

Foto reprodução
O casal Wagner e Max. Foto: reprodução


“Deveria voltar para a senzala” e “viadinho” foram alguns dos ataques que o candidato sofreu. Decidindo, assim, processar um dos internautas. “Isso é inadmissível, mas, como fala meu companheiro, melhor guardar apenas o que de bom falam”, disse.

Max  SouzaFoto: divulgação

Mesmo diante dos ataques, ele pretende trilhar o caminho como modelo e fazer história no Mister Brasil ao ser um dos primeiros negros a vencer a disputa. Max também sonha em se tornar ativista gay.



Publicidade