PF cumpre mandados contra suspeitos de pornografia infantil em Fabriciano e Belo Horizonte

23/05/2019 11:04

A operação acontece nacionalmente e também teve atuação em São Paulo, Santa Catarina, Maranhão, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe e Rio Grande do Sul

Publicidade

Na manhã desta quinta-feira, 23 de maio, a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão em Minas Gerais na operação denominada ‘Nêmesis’, que investiga supostos casos de pornografia infantil. O órgão cumpriu dois mandados no estado, que culminou com a prisão de um suspeito em Coronel Fabriciano, no Vale do Aço, e outro em Belo Horizonte. Essas pessoas responderão pelos crimes de pornografia infantil, conforme previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Pedofilia

A operação terminou com duas pessoas detidas em Minas Gerais- Foto: Polícia Federal


A força-tarefa é realizada numa referência ao 'Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes', que é lembrado em 18 de maio. As diligências acontecem para com a finalidade de fazer repressão à produção, armazenamento e distribuição de material de cunho sexual abarcando crianças e adolescentes. Computadores e dispositivos eletrônicos foram os principais alvos do órgão federal.


A operação acontece nacionalmente e teve atuação, além de Minas Gerais, em mais sete unidades da federação: São Paulo, Santa Catarina, Maranhão, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe e Rio Grande do Sul. A ação contou com aproximadamente 120 militares que fizeram cumprir a medida judicial contra os suspeitos de envolvimento, que chegaram a um total de 28 nos estados. 

Atualizada às 15h27



Publicidade