Casal é condenado por matar o filho após choro "perturbar" relação sexual

23/06/2019 16:04

A mulher cumprirá seis anos de prisão, e o pai, oito

Publicidade

Um casal foi julgado e condenado, na sexta-feira (21), na Inglaterra por ter matado o filho de apenas dois meses sufocado. O crime ocorreu em abril de 2014. Segundo a Justiça do país, a motivação do crime é que a criança começou a chorar durante uma relação sexual, o que teria “atrapalhado” o ato.

Conforme a Justiça, os investigadores apresentaram informações que apontam que realmente a criança foi sufocada pelo pai, de 26 anos. Os investigadores ainda mostraram alguns exames feitos, à época, que apontaram uma mordida e uma costela quebrada na criança.

A Justiça informou que, na ocasião, o bebê chegou a ser levado a um hospital, mas não resistiu. A mulher cumprirá seis anos de prisão, e o pai, oito.
 



Publicidade