Ipatinga

mundo

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Vídeo: mulher joga mochila em brasileira que falava português com amigas no Canadá

    A cena foi registrada pela jornalista Lauren Boothby

    Por Plox

    23/07/2019 10h16 - Atualizado há quase 3 anos

    Uma mulher se irritou com um grupo de cinco adolescentes brasileiras que conversavam em português entre elas e jogou uma mochila na direção de uma das jovens no último domingo (21). O fato aconteceu em em Vancouver, no Canadá. A polícia de transporte urbano local investiga um possível crime de ódio.

    A jornalista Lauren Boothby, de 31 anos, registrou a cena e a postou em seu Twitter. Ela revelou na rádio em que trabalha, City News 1130, que as adolescentes ficaram abaladas devido ao ocorrido. A jornalista conta que a mulher ameaçou agarrar a garota pelos cabelos e tirá-la do ônibus. Quando o motorista parou em determinado ponto, ela “ jogou a mochila no rosto dela”, disse a repórter e testemunha, que afirmou ter acionado a polícia e prestado depoimento. 

    Ainda de acordo com Lauren, as adolescentes têm entre 15 e 17 anos, e ficaram chocadas com o ocorrido. "Algumas pessoas estão me perguntando por que eu não fiz 'nada'. Eu fiz. Eu me aproximei, observei a situação, e estava terminando de escrever uma mensagem para a polícia quando percebi que ela estava prestes a descer do ônibus, então eu parei para filmar", contou.

    Assista ao vídeo:

    Alessandra Ribeiro, 17, adolescente atingida pela mochila, conta que a mulher as acusou de estarem sendo ‘sarcásticas’ e ‘desrespeitosas’. A jovem relatou: "Ela usou isso como uma desculpa, eu acho, para esconder que estava incomodada por estarmos falando português", disse Alessandra, que completou: "Eu me senti humilhada e horrível".

    O sargento Clint Hampton informou que os investigadores buscam identificar a autora das ofensas. A polícia de transporte urbano colheu os depoimentos dos passageiros e busca identificar a autora dos insultos. Eles só passarão mais informações após a apuração de toda história. Silvio Albuquerque, cônsul-geral do Brasil em Vancouver, informou que só na manhã dessa segunda-feira (22) soube do caso, e posteriormente, entrou em contato com as autoridades policiais da cidade, manifestando "a preocupação do Consulado Geral com os fatos relatados nas matérias que circulam em alguns sites de notícias".

    O cônsul-geral conversou com a diretora da empresa de intercâmbio que levou o grupo. No domingo a adolescente prestou um depoimento espontâneo à polícia, momentos após o incidente. Testemunhas se solidarizaram e depuseram acerca do que presenciaram. O grupo voltará ao Brasil no sábado, ao final do curso de verão (canadense).

    Atualizado às 10h33

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]