Bolsonaro determina ações de ministros para ajudar Amazônia

23/08/2019 07:17

Presidente decidiu que medidas para sanar o problema devem ser adotadas

Publicidade

Por determinação do presidente Jair Bolsonaro, os ministros de estado devem tomar medidas para combater os focos de incêndio na região da Amazônia. O documento foi assinado na tarde dessa quinta-feira, 22 de agosto. 

O presidente havia se reunido com ministros e determinou que se abrisse um gabinete de crise com o objetivo de atuar ante o combate aos incêndios, assim como atuar no acompanhamento das ações. A floresta amazonense tem registrado focos do fogo há quase 20 dias, sendo que a fumaça pôde ser sentida em algumas cidades do Sudeste.

fogos

Focos de incêndios foram registrados na floresta Amazônica-Foto: Divulgação

O despacho presidencial diz o seguinte: “Determino a todos os Ministros de Estado que adotem, no âmbito de suas competências, medidas necessárias para o levantamento e o combate a focos de incêndio na região da Amazônia Legal para a preservação e a defesa da Floresta Amazônica, patrimônio nacional”, consta o documento.

Na reunião ministerial estiveram os representantes das pastas Agricultura; do Meio Ambiente; da Defesa; das Relações Exteriores; da Casa Civil, além da Secretaria Geral da Presidência; Secretaria de governo e Gabinete de Segurança Institucional. Há previsão de mais uma reunião nesta sexta-feira, para averiguar os casos, além de levantamento e atualização de dados por parte do Ministério do Meio Ambiente.

Atualizada 13h24



Publicidade