Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Câmara de Timóteo implanta programa com foco na economia

    A ideia é que, gradativamente, todos os documentos e processos deixem de ser impressos e passem a tramitar via sistema

    Por Plox

    23/08/2021 20h11 - Atualizado há 3 meses

    A Câmara de Timóteo deu início à implantação de um projeto com foco na economia e modernização da Casa Legislativa. Na última semana, o presidente, Luiz Perdigão, se reuniu com gestores e servidores efetivos de vários setores para discutir a implementação de um programa que visa reduzir a quantidade de papéis e impressões. “Vamos substituir documentos impressos pela versão digital. É uma grande inovação! Tenho certeza que, com o corpo técnico que temos, em breve isto se tornará realidade”, comemorou Perdigão.

    Segundo Marcela Roque, do setor de Protocolo, a ideia surgiu há alguns anos, após uma visita técnica à Câmara de Uberlândia/MG.

    Foto: Divulgação CMT

     

    Contudo, a proposta não saiu do papel. “À época, acabamos engavetando o projeto dada a impossibilidade de implementá-lo. Porém, em uma conversa o assunto surgiu novamente e o presidente, Luiz Perdigão, comentou que havia conhecido um programa semelhante na Câmara de Vitória/ES e gostaria de implementá-lo no Legislativo de Timóteo. Foi uma comunhão de ideias”, explicou.
    Tecnologia

    Segundo Haroldo Freitas, gerente do setor de Tecnologia de Informação, a Câmara já dispõe da tecnologia necessária para dar o pontapé inicial. “O sistema de protocolo é um dos módulos do sistema de gestão pública que utilizamos atualmente na Câmara. Portanto, agora é implementar a digitalização junto aos setores e capacitar os servidores para que tenhamos êxito neste projeto”, avaliou.

    A ideia é que, gradativamente, todos os documentos e processos deixem de ser impressos e passem a tramitar via sistema. “Serão duas etapas: na primeira, o processo legislativo será feito de forma digital. Num segundo momento, será a vez da parte administrativa e contábil. Contudo, isso dependerá de pesquisas e consultas junto ao Tribunal de Contas de Minas (TCE/MG), para verificar a legalidade de extinguirmos a versão impressa de alguns documentos”, pontuou Marcela Roque.

    Benefícios

    As vantagens de digitalizar os processos na Câmara são inúmeras, na avaliação de Marcela. “A cada demanda inserida o sistema gera um protocolo que permite o acompanhamento de todo o trâmite. Isso tornará o processo mais eficiente. Além disso, também ganharemos na modernização, na praticidade, agilidade e, claro, na economia de papel e cópias de impressão”, ressaltou.

    Deliberação

    Conforme Marcela, na reunião ficou definido que comunicações internas, circulares e requisição de materiais, bem como moções, indicações e requerimentos já serão feitos de forma digital. Já outros documentos carecem de uma análise da questão legal, bem como junto ao TCE/MG.

    Além disso, também ficou deliberado que cada setor fará um levantamento sobre quais os documentos e processos poderão ser feitos via sistema. “Nesta quarta-feira, dia 25, teremos uma nova reunião para que os setores nos informem quais outros serviços poderão migrar de imediato e quais demandam mais estudo”, explicou a servidora.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]