Crescimento significativo nos benefícios do INSS em 2023: números alcançam novo marco

Aumento de 11% em concessões de benefícios, incluindo aposentadorias e auxílios-doença, reflete eficiência do sistema

Por Plox

23/12/2023 09h15 - Atualizado há 6 meses

Concessões de Benefícios do INSS Superam 4,8 Milhões em 2023 Em um relatório recente divulgado pelo Boletim Estatístico da Previdência Social, foi observado que as concessões de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) atingiram 4,8 milhões até outubro de 2023. Este número representa um aumento de 11% em relação ao mesmo período do ano anterior, ultrapassando o total de concessões realizadas em todo o ano de 2021. Esses benefícios incluem categorias como previdenciários, acidentários e assistenciais.

Desempenho e Eficiência Melhorados Segundo informações do portal do governo, o tempo médio de concessão dos benefícios reduziu significativamente, alcançando 55 dias em novembro, o menor índice em três anos. O secretário de Previdência Social, Adroaldo Portal, atribui esse aprimoramento ao Programa de Enfrentamento à Fila da Previdência Social. “Esse crescimento é resultado direto do programa... é esperado que o número de concessões aumente nos próximos meses”, declarou Portal.

Detalhes dos Benefícios Concedidos Em outubro, dos 544,5 mil benefícios concedidos, a distribuição incluiu 42% de auxílio-doença, 16% de aposentadoria por idade, entre outros. O crescimento no número de benefícios concedidos reflete um aumento na eficiência do INSS e uma resposta mais rápida às solicitações dos cidadãos.

Questões de Recusa e Conscientização O INSS também esclareceu que as principais causas de recusa de pedidos de benefícios estão relacionadas à falta de tempo de contribuição e documentação incompleta. O instituto enfatiza a importância de manter os dados atualizados no Cadastro Nacional de Informações Sociais para evitar problemas.

Crédito Consignado e Alertas para Aposentados Com o aumento dos benefícios, houve um crescimento no empréstimo consignado entre aposentados e pensionistas. A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) alerta para o cuidado na hora de contratar créditos, enfatizando a necessidade de desconfiança em ofertas com vantagens exageradas.


 

Destaques