Motorista de aplicativo em São Paulo é preso por tentativa de homicídio após atropelar passageiros

Suspeito também ameaçou vítimas com estilete antes de fugir do local

Por Plox

23/12/2023 08h52 - Atualizado há 6 meses

Um motorista de aplicativo foi preso acusado de tentativa de homicídio em São Paulo. O incidente, registrado na tarde de 11 de dezembro na Rua Aluísio Azevedo, em Santana, Zona Norte da cidade, envolveu o suspeito tentando atropelar dois casais que haviam acabado de sair de seu veículo.

 

Foto: TV Globo/Reprodução

Segundo a Polícia Civil, os casais solicitaram o serviço de transporte após deixarem um restaurante, com destino ao bairro do Imirim. Ao entrar no Fiat Cronos conduzido pelo motorista, os passageiros notaram uma garrafa de bebida alcoólica no banco dianteiro e suspeitaram que o motorista estivesse embriagado. Durante a viagem, o condutor falava ao celular, aparentemente realizando uma transmissão ao vivo.

Conforme o relato das vítimas à polícia, ao pedirem para que o motorista parasse o carro, este negou e uma discussão se iniciou. Ao veículo parar em um semáforo, um dos passageiros conseguiu abrir a porta e descer, seguido pelos outros. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o motorista então pegou um estilete, tentou agredir os passageiros e, na sequência, dirigiu o carro em direção a eles, atingindo um homem de 31 anos.

Imagens de câmeras de segurança da rua capturaram o momento em que o veículo subiu na calçada, passando por arbustos, antes de atingir os casais. O motorista fugiu após o ataque.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou socorro à vítima, que foi levada ao Hospital do Mandaqui. Seu estado de saúde não foi divulgado. A ocorrência foi registrada como tentativa de homicídio pelo 13º Distrito Policial e está sob investigação. Até o momento, a polícia não informou o nome do suspeito ou se ele possui defesa constituída.

Destaques