Vera Lúcia é nomeada como ministra substituta do TSE

Publicação no Diário Oficial Anuncia Substituição de Maria Claudia Bucchianeri Pinheiro no Tribunal

Por Plox

23/12/2023 14h56 - Atualizado há 6 meses

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva nomeou a advogada Vera Lúcia Araújo como ministra substituta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), conforme publicação no Diário Oficial da União deste sábado (23). Araújo assume o cargo no lugar de Maria Claudia Bucchianeri Pinheiro, que deixa o tribunal ao final de seu mandato. A decisão do presidente segue a recomendação de uma lista tríplice endossada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que continha nomes indicados para a posição.

A lista tríplice era composta por três destacadas juristas: além de Vera Lúcia Araújo, figuravam Daniela Borges, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil na Bahia, e Marilda de Paula Silveira, professora do Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP). A escolha de Araújo, que já havia sido considerada para o posto no ano passado, reflete a continuidade da presença feminina nas altas cortes do país.

Foto: Pedro França/Agência Senado 

Vera Lúcia Araújo, de 63 anos, tem uma carreira jurídica notável e já foi candidata à nomeação pelo TSE anteriormente, quando o então presidente Jair Bolsonaro escolheu o ministro André Ramos Tavares.

Destaques