Economista dá dicas para sobreviver à folia sem perder o controle de gastos

24/02/2020 15:34

Alugar a casa, sair com dinheiro físico e estabelecer limites podem ajudar os foliões a terminarem as festas com mais dinheiro na conta

Para quem quiser sobreviver ao primeiro feriado estendido do ano com mais dinheiro no bolso, é preciso planejamento e muita força de vontade. A economista Yolanda Fordelone dá dicas para terminar o Carnaval no azul. 

A primeira sugestão é pular os bloquinhos de Carnaval com dinheiro físico para a consumação. A intenção é evitar o uso de cartões de débito e de crédito que, aliados ao álcool, podem causar problemas. Além disso, com dinheiro físico, o risco de roubo ou de perda e a dor de cabeça podem ser minimizados e o controle com os gastos aumentam. 

Outra dica é alugar sua casa ou um quarto para foliões e turistas. Com isso, além de ganhar uma grana extra, aumentam as chances de fazer novos amigos. 

Cuidar de animais de estimação também pode ser uma saída para ganhar um dinheiro extra. Existem aplicativos na internet para se cadastrar e ser um cuidador de pets. A dica é conversar com vizinhos que vão se ausentar nesse período e ajudá-los nos cuidados com os bichinhos. 

Porém, para Yolanda, a maior dica é estabelecer limites. A ideia é se planejar com os gastos e não queimar a largada logo de cara. Definir o quanto quer gastar por dia e se ater a esses gastos podem ajudar a aproveitar o resto do ano com mais dinheiro no bolso. 
 



Publicidade