Parceria garante R$ 1 milhão em recursos federais para novo IML de Ipatinga

24/02/2020 09:44

Segundo a Polícia Civil, o projeto do novo PML será o mesmo utilizado no IML de Guanhães, inaugurado em julho de 2018

Publicidade

Atendendo o pedido da deputada estadual Rosângela Reis (Podemos), o deputado federal Hercílio Coelho Diniz (MDB) destinará R$ 1 milhão em recursos de emendas federais para a construção do novo Instituto Médico Legal (IML) de Ipatinga.

Desde a interdição da atual estrutura do IML pelo Ministério Público, Rosângela Reis batalha junto ao Governo de Minas Gerais para solucionar o problema. A parlamentar chegou a definir emenda própria para a obra, no valor de R$ 300 mil, mas como não houve o aporte do Estado, a articulação com o deputado Hercílio foi o caminho encontrado para tirar o projeto do papel.

Segundo a Polícia Civil, o projeto do novo PML será o mesmo utilizado no IML de Guanhães, inaugurado em julho de 2018. O local escolhido para o prédio fica na divisa de Ipatinga e Santana do Paraíso, próximo a entrada do bairro Cidade Nova.

 

rosangelaFoto: divulgação
 

A área doada no Distrito Industrial pelo município para o Estado de Minas Gerais possui 2.806 metros quadrados para a construção do IML e, futuramente, da Delegacia Regional, que foi construída há mais de 40 anos e se encontra com espaços inadequados para comportar todo o efetivo da Polícia Civil e atendimento da população. A estimativa de investimento necessário é de R$ 1,5 milhão.

“O posto é uma necessidade antiga e estamos no empenhando há muito tempo para conseguir viabilizar essa obra. A Polícia Civil precisa de uma melhor infraestrutura e este prédio vai dar melhores condições para eles desempenharem um bom trabalho. Agradeço ao deputado Hercílio por destinar recursos para o IML de Ipatinga”, afirmou a deputada Rosângela Reis.

IML de Ipatinga

Com a construção do Posto, mais de 500 mil pessoas de 16 cidades que compõem a área de atuação da 1ª Delegacia Regional serão beneficiadas. O objetivo é dar melhores condições de trabalho e de investigação aos policiais civis na resolução de crimes como, por exemplo, homicídios, além de dar mais dignidade no atendimento de vítimas de estupro, entre outros.

O atual prédio do IML de Ipatinga possui cerca de 40 anos e chegou a ser interditado a pedido do Ministério Público Estadual devido à precariedade do local e risco de desabamento. Várias trincas, infiltrações e outros problemas são visíveis no local. A estrutura atende cerca de 600 mil pessoas em 16 cidades de toda a região com a realização de procedimentos de necrotério e de outros exames.
 



Publicidade