Acusado de estupro no Vale do Aço é extraditado de Portugal pela Polícia Federal

O homem foi detido em novembro de 2022, no país europeu

Por Plox

24/03/2023 09h03 - Atualizado há cerca de 1 ano

A Polícia Federal, representante da Interpol em Minas Gerais, extraditou nesta quinta-feira (23), um homem de 34 anos, acusado de estuprar uma adolescente de 12 anos em Santana do Paraíso, no Vale do Aço, Minas Gerais. O homem estava em Portugal.

O homem foi preso em Portugal, em novembro de 2022. Segundo a Polícia Federal (PRF), o foragido foi escoltado por policiais federais em voo vindo de Lisboa e desembarcou no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, Minas Gerais, no final da tarde.

Foto: divulgação/ Polícia Federal

 

O homem foi condenado a 8 anos de reclusão pelo crime, previsto na Lei 8.072/90 c/c art. 61, inciso I, do Código Penal. O Núcleo de Cooperação Internacional/Interpol da Polícia Federal em Minas Gerais incluiu o mandado de prisão, expedido pelo Juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca de Ipatinga-MG, na lista de foragidos internacionais.

 



 

O PLOX agora tem comunidades no WhatsApp. Clique aqui e escolha a sua:

 

Isso possibilitou a extradição e permitiu que a polícia portuguesa localizasse e detivesse o acusado em solo lusitano. O homem foi encaminhado para a penitenciária José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves, onde ficará à disposição da Justiça.

De acordo com o Ministério Público de Minas Gerais, o crime ocorreu no loteamento Aldeia dos Lagos, em Santana do Paraíso, no Vale do Aço. A vítima estava com seus familiares em uma festa realizada em uma chácara pertencente ao homem. Durante a noite, quando a adolescente foi se deitar, o acusado entrou no quarto e cometeu os abusos.
 

Destaques