Projeto do novo Raposão do Cruzeiro deve ser suspenso, diz torcida organizada

Torcida se manifesta contra a mudança do Raposão e do Raposinho em comemoração aos 20 anos do lançamento

Por Plox

24/03/2023 19h41 - Atualizado há cerca de 1 ano

A mudança nos mascotes do Cruzeiro, apresentada em comemoração aos 20 anos do lançamento do Raposão, causou polêmica entre os torcedores do clube. Segundo apuração do PLOX, as organizadas do Cruzeiro se reuniram na Toca da Raposa 1 para discutir o novo projeto e especula-se que ele possa ser suspenso.

 

A reunião contou com a presença de um representante de cada torcida do clube e Enrico Ambrogini, diretor de operações do Cruzeiro, como representante do clube. Em nota, as organizadas afirmaram que a gestão reconheceu o erro na alteração dos mascotes e que será realizada uma carta pedindo desculpas para os torcedores.

Foto: reprodução

 

A mudança nos mascotes gerou críticas nas redes sociais, com muitos torcedores questionando a escolha das novas roupagens. O clube buscou referências no mascote original criado pelo cartunista Mangabeira, em 1945, mas a nova versão do Raposão foi inspirada em uma raposa-vermelha, de pelagem dourada-alaranjada, e o Raposinho em uma raposa-anã, com pelos mais escuros.

Até o momento, o departamento de marketing do Cruzeiro não se manifestou sobre a reação negativa da torcida em relação à mudança nos mascotes. O clube se comprometeu com a transparência na comunicação com os torcedores e afirmou que irá rever a mudança para atender às expectativas da China Azul.

Destaques