O tratamento com sêmen de salmão promete rejuvenescer a vida sexual feminina

Inovação sul-coreana, o "O-shot" oferece benefícios sem cirurgias por cerca de R$ 3.200

Por Plox

24/04/2024 10h41 - Atualizado há cerca de 2 meses

Foi na Coreia do Sul que surgiu um método inovador e não cirúrgico para rejuvenescer o órgão sexual feminino e intensificar a excitação sexual, conhecido como "O-shot". A popularidade do procedimento tem crescido e agora atrai famosas e influenciadoras, especialmente aquelas que compartilham suas experiências no TikTok. O tratamento envolve a aplicação de esperma de salmão e custa em torno de R$ 3.200.

Foto: Pixabay/Reprodução

Amanda Azzopardi, uma enfermeira estética que opera clínicas em Londres, Liverpool e País de Gales, mencionou ao "Daily Mail" que muitas pacientes mais velhas procuram a clínica devido à diminuição da excitação sexual. Os resultados após o tratamento incluem orgasmos mais frequentes e intensos, aumento da lubrificação natural e maior excitação sexual. "É uma mudança radical na vida delas", afirmou Azzopardi.

O processo utiliza DNA de sêmen de salmão que penetra na pele e promove a renovação celular. Este fenômeno ajuda a manter a firmeza e a elasticidade da pele, combatendo a secura vaginal e o desconforto durante o ato sexual. Os efeitos geralmente começam a ser notados entre duas e quatro sessões.

Além de seu uso ginecológico, o sêmen de salmão é um ingrediente tradicional nos cuidados com a pele na Coreia do Sul, e recentemente ganhou destaque nos Estados Unidos. Celebridades como Jennifer Aniston já experimentaram tratamentos faciais com esse componente, conforme revelado em entrevista ao "Wall Street Journal".

Estudos científicos complementam as evidências anedóticas. Em 2017, pesquisas indicaram que o esperma do salmão ajuda na reparação celular e acelera a cicatrização de feridas. "As proteínas presentes no esperma de salmão são eficazes na redução dos sinais de envelhecimento", explicou o dermatologista Kenneth Beer da Flórida ao "NY Post".

Destaques