Socióloga que namora Lula tem remuneração de R$ 17 mil em estatal, denuncia revista

24/05/2019 14:37

Rosângela tem 52 anos, é amiga de longa data do ex-presidente, mas o namoro com ele foi engatado há cerca de um ano

Publicidade

Conhecida do Brasil após ter o namoro assumido pelo ex-presidente Luis Inácio ‘Lula’ da Silva (PT), a socióloga Rosângela da Silva, foi tema de uma reportagem da revista Veja, nessa quinta-feira, 23 de maio. Segundo apurado pela publicação, Janja, como é conhecida, tem uma remuneração de mais de R$ 17 mil na estatal Itaipu Binacional, em Curitiba.

Reprodução

Rosângela namora Lula há cerca de um ano- Foto: Facebook


Ela teria entrado na empresa sem passar por qualquer processo de seleção, depois que Lula foi eleito presidente. Naquela época, a hoje deputada do PT, Gleisi Hoffmann, era diretora financeira da empresa e Janja ficou na repartição. Rosângela voltou para Itaipu Binacional há dois anos. De acordo com a revelação de Veja, seus rendimentos são de R$ 17.537. 


Rosângela tem 52 anos, é amiga de longa data do ex-presidente, mas o namoro com ele foi engatado há cerca de um ano. A socióloga é filiada ao partido do ex-metalúrgico desde a década de 1980 e integrava as caravanas junto de Lula. Na semana passada, o político disse a Luiz Carlos Bresser-Pereira, ex-ministro, que está apaixonado e quer se casar assim que deixar a prisão. Lula está preso há um ano em Curitiba, condenado em abril de 2018 por corrupção e lavagem de dinheiro, com pena reduzida a 8 anos e 10 meses. Janja já visitou o político na sede da PF em mais de sete ocasiões, desde junho do ano passado. Lula foi casado por mais de quatro décadas com Marisa Letícia, falecida em 2017, aos 66 anos, em decorrência de um derrame cerebral. Eles tiveram quatro filhos juntos.

Atualizada às 17h33



Publicidade