Justiça acata ação de deputados do PT e Sérgio Moro vira réu

Parlamentares pedem que Moro seja condenado por prejuízos causados à Petrobras

Por Plox

24/05/2022 10h14 - Atualizado há quase 2 anos

A Justiça acatou uma ação popular de deputados do PT que pede que o ex-juiz Sérgio Moro (União Brasil) seja condenado a ressarcir os cofres públicos por alegados prejuízos causados à Petrobras por sua atuação na Lava Jato.

A petição foi protocolada pelos deputados no dia 27 de abril. Nessa segunda-feira (23), a Justiça Federal do Distrito Federal, por meio do juiz Charles Renaud Frazão de Morais, acatou o pedido e tornou Moro réu. Não foi definido o valor da indenização.

Foto: Agência Brasil

 

Os autores da ação são os deputados Rui Falcão, Erika Kokay, Natalia Bonavides, José Guimarães e Paulo Pimenta. Eles alegam que, durante a Lava Jato, Moro teve "condutas atentatórias ao patrimônio público e à moralidade administrativa, as quais tiveram severos impactos na economia do país e em sua estabilidade democrática e institucional."

Os parlamentares ainda afirmaram que a condução da Lava jato pelo ex-juiz Sérgio Moro criou um “cenário de desarranjo econômico”.

Destaques