Ipatinga decreta estado de emergência em saúde devido à síndrome respiratória em crianças

Medida visa melhorar a resposta ao aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no município

Por Plox

24/05/2024 20h06 - Atualizado há 18 dias

O prefeito Gustavo Nunes decretou nesta sexta-feira (24) estado de emergência em saúde pública devido ao aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em crianças. A decisão foi tomada em função da insuficiência de leitos pediátricos disponíveis para atender à demanda crescente, comprometendo a capacidade de resposta do sistema de saúde.

Foto: Divulgação / PMI

 

O decreto autoriza a tramitação prioritária e urgente dos processos relacionados ao enfrentamento da SRAG, a adoção de medidas administrativas e assistenciais necessárias, incluindo a aquisição pública de insumos e serviços essenciais, bem como o remanejamento de servidores para atender às demandas emergenciais da Secretaria de Saúde. O estado de emergência terá vigência inicial de 90 dias, com possibilidade de prorrogação conforme a evolução dos indicadores epidemiológicos.

"O decreto é uma medida necessária para garantir que nossas crianças recebam o atendimento adequado e urgente que precisam. A SRAG é uma condição grave e potencialmente fatal, e a falta de leitos pediátricos compromete a eficácia do tratamento. Estamos empenhados em utilizar todos os recursos disponíveis para ampliar nossa capacidade de atendimento", declarou Walisson Medeiros, secretário de Saúde de Ipatinga.

A Secretaria de Saúde orienta a população a procurar atendimento médico imediato em casos de sintomas graves de síndrome respiratória, especialmente em crianças, e reforça a importância da prevenção e do diagnóstico precoce para minimizar complicações.

 

Ações de enfrentamento 
Para amenizar a situação, a Secretaria de Saúde pediu a habilitação de oito novos leitos de UTI pediátricas, dez leitos de suporte ventilatórios, contratação de profissionais para atender a demanda pediátrica, além de todo equipamento necessário para dar suporte aos atendimentos.  

 

SRAG
As síndromes são caracterizadas por um conjunto de sinais e sintomas. Na síndrome gripal, o quadro evolui a partir da infecção pelo vírus Influenza. Já na SRAG, os sinais e sintomas são desencadeados por uma lesão que leva à inflamação e ao acúmulo de líquido no pulmão, podendo ter diferentes causas, como pneumonias causadas por bactérias, fungos e vírus (como o da Covid-19 e o Influenza). Os casos graves dessas síndromes em crianças, idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas são potencialmente fatais. 

Destaques