Atlético-MG deve formalizar SAF com valor de quase R$ 1 bilhão, diz rádio

O Clube deve vender 50% das ações e outros 10% deve ficar com a “família Menin”

Por Plox

24/10/2022 13h20 - Atualizado há mais de 1 ano

Nos próximos meses, o Atlético-MG deve formalizar a transformação do clube para Sociedade Anônima do Futebol (SAF). A venda deve ser no valor entre R$ 850 milhões e R$ 1 bilhão.

A informação foi divulgada pela Itatiaia, nesse domingo (23). De acordo com os jornalistas Henrique André e Cláudio Rezende, até o término do Campeonato Brasileiro 2022, o projeto deve ser formalizado.

Foto: divulgação/ Atlético-MG

 

Conforme a Itatiaia, a venda de 50% das ações (+ uma), gerando maioria para o comprador, deve ficar entre R$ 850 milhões a R$ 1 bilhão. O comprador deve ser um fundo norte-americano.

Outra informação divulgada pela rádio é de que a família Menin, que ajudou o clube na área financeira nos últimos anos, deve pegar uma parte das ações, ao invés de receber dinheiro do clube, sendo entre 10% e 15% das ações.

Com isso, o Atlético (associação) deverá ficar com 35% a 40% das ações e a propriedade de ativos, como a Arena MRV e da Cidade do Galo. O fundo norte-americano que deve comprar as ações já investe no futebol e deve procurar por um clube na Europa e outro na Major League Soccer (MLS), liga dos Estados Unidos.
 

Destaques