PM prende acusado de espancar e manter a companheira em cárcere privado no Leste de MG

Segundo a PM, a vítima foi socorrida e permaneceu sob cuidados médicos no hospital, vai passar por cirurgia no braço esquerdo, que foi fraturado

Por Plox

24/11/2020 17h21 - Atualizado há cerca de 2 meses

Nessa segunda-feira (23), um homem de 26 anos foi preso acusado de espancar e manter a companheira, de 34 anos, em cárcere privado. O fato aconteceu no bairro Dario Grossi, em Caratinga, no Leste de Minas Gerais.

Segundo a Polícia Militar (PM), a mulher deu entrada no hospital Nossa Senhora Auxiliadora e relatou que convive com o homem, em união estável, e que ele a espanca há meses.

Segundo relatos da vítima aos policiais, há aproximadamente dois meses ele ateou fogo sobre a vítima, utilizando álcool, levando a deformidade permanente da pele na região abdominal, torácica e do pescoço.

Conforme relatado no boletim de ocorrência, a mulher afirmou que o homem teria deferido golpes com uma parra de ferro em seu corpo.

De acordo com os policiais, durante o atendimento, a equipe médica constatou fraturas no braço esquerdo e em três costelas. Vários cortes espalhados pelo corpo da vítima, nas pernas, costas, couro cabeludo, antebraços, pescoço, segundo ela causados por uma faca e pela barra de ferro que o homem teria usado.

A mulher ainda afirmou aos policiais que era mantida em cárcere privado pelo homem, que fazia diversas ameaças, dizendo que mataria os filhos e o pai dela caso fosse abandoná-lo. Ela contou aos militares que, incentivada por outras pessoas, ela teve coragem de abandonar a casa e expor aos fatos aos policiais.

Ainda segundo a PM, a vítima permaneceu sob cuidados médicos no hospital, pois passará por procedimento cirúrgico no braço esquerdo, que foi fraturado.

Diante doa fatos, a Polícia Militar realizou diligências e encontrou o homem. Ele foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.
 

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021