Horário de verão é oficialmente encerrado no país

25/04/2019 15:16

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou o decreto que o encerrou definitivamente, nesta quinta-feira, 25 de abril

Publicidade

O horário de verão foi oficialmente extinguido do país. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou o decreto que o encerrou definitivamente, nesta quinta-feira, 25 de abril. 

Agência Brasil

Foto: Agência Brasil


A medida foi tomada durante solenidade no Palácio do Planalto. Bolsonaro já havia adiantado no começo deste mês, que ainda em 2019 deveria extingui-lo. O presidente declarou que o governo está aberto a propostas que possam ser realizadas por meio de decreto. "Um decreto tem um poder enorme, como esse assinado agora. A todos os senhores, aos demais, o governo está aberto, quem tiver qualquer contribuição para dar via decreto, nós estamos à disposição dos senhores", disse.


Conforme levantamentos do Ministério de Minas e Energia e do Operador Nacional do Sistema (ONS) ainda que seja observado um alívio aos cofres da União por conta do horário de verão, essa economia vem diminuindo. Por exemplo, em 2013 foram economizados R$ 405 milhões, o equivalente a 2.565 megawatts. A partir daí, a economia só diminuiu.

Esse foi um dos fatores que motivou Bolsonaro a decidir pelo fim do horário de verão. Segundo o presidente, após estudos, se chegou à conclusão de que o consumo de energia elétrica mudou nos últimos anos, o que não justificaria a manutenção da medida. Participaram do evento o vice-presidente Hamilton Mourão, o ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.
 

Atualizada às 8h46



Publicidade