Merenda em Timóteo está mais diversificada e rica do ponto de vista nutricional

25/04/2019 14:39

Cardápio é pensado de acordo com a cultura dos alunos e do lugar onde eles vivem e da sazonalidade dos ingredientes usados

Publicidade

A merenda escolar servida na rede municipal de ensino de Timóteo está mais diversificada e rica do ponto de vista nutricional. O cardápio é pensado de acordo com a cultura dos alunos e do lugar onde eles vivem e da sazonalidade (época do ano em que os itens dão frutos) dos ingredientes usados.

A nutricionista da Secretaria Municipal de Educação, Tathiane Ferreira Silva, é a responsável pelas mudanças implementadas e que estão agradando em cheio o paladar de crianças e adultos, haja vista que os mais de 300  alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) também são contemplados com a alimentação de qualidade. 

Rede municipal de ensino da PMT(Foto: divulgação PMT)

Além dos estudantes da EJA, diariamente são atendidos 1.165 alunos de creches que têm de 4 a 5 refeições diárias; cerca de 6 mil alunos das escolas da rede municipais; 95 do CREIA; e 195 da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).  Ao todo são quatro cardápios diferentes para cada tipo de público.

Tathiane Ferreira Silva foi a autora da renovação do cardápio tendo por base o Programa Nacional de Alimentação escolar (PNAE). Além do cardápio, ela desenvolve também um trabalho de educação nutricional e responde pelo treinamento de boas práticas na cozinha, destinado às merendeiras. 

Rede municipal de ensino da PMT(Foto: divulgação PMT)

As alterações propostas compreendem a quantidade exata de calorias, carboidratos, proteínas, lipídeos, vitaminas e minerais com porções adequadas a cada faixa etária dos estudantes. No caso das creches, na qual os alunos estudam em tempo integral, por exemplo, 70% das necessidades nutricionais dessas crianças são atendidas. “O cardápio é variado; não tem preparação repetida e toda a semana muda”, explica a nutricionista.

Ela afirma que anualmente são introduzidos duas formulações diferentes de menu, um entre os meses de setembro e abril; e o outro entre maio a agosto. Depois de montar a lista ela é testada para verificar a aceitação da combinação de alimentos. Em caso positivo, é feita a ficha técnica de preparação que servirá de guia para as merendeiras prepararem as refeições e lanches diariamente.

Educação nutricional 

Como foi informado anteriormente, nas creches são servidas entre 4 e 5 refeições diariamente com café da manhã, lanche antes do almoço, almoço, lanche da tarde e jantar. Já os estudantes que estudam no período da manhã se alimentam com café e, posteriormente, merenda; já os alunos da tarde recebem merenda e depois uma fruta ou um suco de lanche da tarde. “O PNAE determina a oferta de frutas três vezes por semana, mas em Timóteo oferecemos todos os dias”, citou Tathiane, comemorando o retorno positivo que vem obtendo após a mudança do cardápio da merenda escolar.

Rede municipal de ensino da PMT(Foto: divulgação PMT)

O acompanhamento do trabalho nas escolas é feito por meio de registro fotográfico e de uma ficha de controle. A gestão para aquisição dos alimentos é executada quinzenalmente e, de acordo com a nutricionista, as quantidades são definidas conforme a necessidade de cada escola.

Tathiane Ferreira destacou ainda que tem estimulado a difusão da importância da educação nutricional para a alimentação saudável na promoção da saúde. Esse trabalho é feito em conjunto com as equipe pedagógica da rede municipal de ensino.
 
 



Publicidade