Reunião discute melhorias para o Faixa Azul em Timóteo

25/05/2019 12:43

A reunião foi realizada na sede da ACE e CDL da cidade, na última terça-feira

Publicidade

Na última terça-feira (21) foi realizada, na sede da ACE e CDL de Timóteo-MG, uma reunião para discutir a necessidade de mudanças no sistema de estacionamento rotativo da cidade, o Faixa Azul. Estiveram presentes o presidente da ACE e CDL de Timóteo, Heine Quintão e o vereador Adriano Alvarenga.

O objetivo da reunião foi discutir melhorias para o estacionamento rotativo no centro da cidade, a fim de beneficiar a classe empresarial do município. Heine afirma que, por mais que as decisões não sejam unânimes, o papel da ACE e CDL de Timóteo é ajudar a encontrar soluções que atendam a todos. “Como associação, nós representamos os lojistas. É difícil conseguir agradar a todos de maneira unânime, mas caminharemos para adequar o serviço de uma maneira que seja satisfatória para todos.”

TIMOTEO(Foto: divulgação)

A reunião ocorreu depois de uma audiência pública realizada na Câmara dos Vereadores. Na ocasião, estiveram presentes representantes da Prefeitura, da Câmara, da IMAG, empresa responsável pela gestão do Faixa Azul, da ACE e CDL de Timóteo e da Sociedade Civil. Foi montada uma comissão responsável por ouvir as necessidades do comércio e dos munícipes e levar à empresa.

Entre as reivindicações dos lojistas, estão o aumento do tempo de uma para duas horas, pelo valor de R$ 2,00, e tornar o fracionamento acessível para todos, já que quem tem o aplicativo do Faixa Azul dispõe dessa facilidade. Além disso, eles desejam mais transparência da utilização dos recursos arrecadados com a cobrança, que o dinheiro seja investido em melhorias no Centro da cidade e que haja um melhor treinamento dos monitores do Faixa Azul que dão orientação aos clientes.

Ao fim da reunião, ficou definido que, como uma alternativa  para melhorar o atendimento, a ACE e CDL de Timóteo estudariam maneiras de propor treinamentos realizados pelas entidades, para que os monitores possam ser capacitados. Heine e Adriano, que são membros da comissão elegida na audiência pública, levariam aos demais membros todas as reivindicações dos lojistas. Os membros, junto à empresa e à Prefeitura, tentariam soluções para que as reivindicações sejam atendidas e o Faixa Azul funcione da melhor maneira possível, facilitando o dia a dia de lojistas e consumidores.



Publicidade