Pamela Anderson termina namoro abusivo com jogador que militava em favor das mulheres

25/06/2019 14:57

Ironicamente, Adil Rami está à frente de campanhas pelas mulheres. Ele foi campeão mundial com a França no ano passado

Publicidade

Acabou o relacionamento entre a atriz Pamela Anderson, de 51 anos, e o zagueiro Adil Rami, 33.  O fim da relação de mais de dois anos veio a público nesta terça-feira, 25 de junho, após a atriz fazer o anúncio no Instagram. A artista contou que além de o jogador traí-la, Pamela ainda era vítima de relacionamento abusivo. Ironicamente, Rami, que foi campeão mundial com a França no ano passado, milita em campanhas pelas mulheres, contra a violência doméstica e incentiva que as mulheres denunciem todo tipo de violência.

Adil Rami e Pâmela estavam juntos há mais de dois anos Reprodução Instagram

Casal termina após dois anos de relacionamento- Foto: Reprodução Instagram


Pamela escreveu: "É difícil aceitar. Os últimos dois anos da minha vida foram uma mentira. Eu fui enganada e ele me fez acreditar que vivíamos um grande amor. Estou devastada por descobrir nos últimos dias que ele estava vivendo uma vida dupla. Como é possível controlar dois corações e mentes de duas mulheres? Eu ajudei tanta mulher na @ndvhofficial (organização americana de apoia às vítimas de violência doméstica) e não consegui me ajudar", desabafou.


Ela completou o desabafo, denunciando as torturas, os episódios de ciúmes e as chantagens do jogador quando ela tentava se terminar com ele: "Eu me sinto usada, traída e machucada. Mas eu deveria ter percebido: o ciúme, as torturas física e emocional. Tudo era reflexo das atitudes dele. Tentei me separar umas dez vezes. Ele sempre me perseguia e dizia que morreria sem mim. Que ele faria terapia para me machucar novamente. Além disso, dizia que queria morar em Malibu comigo um dia". Apesar do histórico de agressividade relatado pela atriz, o ex-companheiro novamente não aceitou a mais recente separação e tentou de tudo para ter Pamela de volta, desde mandar “flores, escrever cartas”, foi ao “hotel e o segurança o mandou embora”. Ela tem um segurança por medo do jogador. Pamela disse que deixará a França. 

Atualizada às 16h28



Publicidade