Instituto fundado por Flordelis é investigado pela polícia desde o ano passado

25/06/2019 11:32

Publicidade

O Instituto Flordelis de Apoio ao Menor, criado em 2007 pela deputada federal e cantora gospel Flordelis dos Santos de Souza é alvo de investigações da Polícia Civil desde 2018. Segundo a investigação da 72ª Delegacia de Polícia de São Gonçalo (RJ), a suspeita é de que a entidade teria sido beneficiada por verbas desviadas da prefeitura de São Gonçalo, onde fica o instituto. Diversas pessoas já prestaram depoimento e o caso está em andamento.

Flordelis

Flordelis perdeu o marido Anderson do Carmo, alvo de execução, no último dia 16- Foto: Agência Brasil/TV Brasil


A assessoria da cantora não se manifestou sobre o caso, já a prefeitura disse, por meio de um comunicado, que não tem nenhum conhecimento do caso e também que não possui ligação com o Instituto Flordelis. A entidade atende jovens de 8 aos 18 anos, em sua maioria de cracolândias e com envolvimento no tráfico de drogas, segundo a deputada. 


Em uma entrevista há quatro anos a um jornal carioca, a deputada informou na ocasião, que resgata os jovens, que ficam no instituto no decorrer do dia. À noite, eles voltam para suas casas e Flordelis continua a acompanha-los com os familiares. “É mais para tirá-los do tráfico de drogas. Eu tenho conseguido um êxito muito grande com isso”, garantiu, na época.


O Instituto era conduzido não somente por Flordelis, mas ela recebia o apoio do marido Anderson do Carmo, executado com 30 tiros na garagem de casa, no último dia 16 de junho, quando chegava de uma confraternização com a deputada. Os suspeitos do assassinato são dois filhos da cantora. 

Atualizada às 13h19
 



Publicidade