Supremo Tribunal Federal decide manter Lula preso

25/06/2019 23:25

Ainda não está definida a data para a retomada do julgamento

Publicidade

Os membros da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), em julgamento nesta terça-feira (25), decidiram manter o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva preso.

O ministro Gilmar Mendes defendeu que Lula fosse colocado em liberdade até a decisão final sobre o habeas corpus. Essa decisão virá após a análise de um pedido apresentado pela defesa do petista, de suspeição do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Somente o ministro Ricardo Lewandowski foi a favor da proposta do colega Gilmar Mendes.

(Foto: reprodução STF)

(Foto: reprodução STF)

Já os ministros Edson Fachin, Cármen Lúcia e Celso de Mello decidiram pela manutenção do petista aprisionado. 

Assim que a maioria dos membros da Corte negou a liberdade ao ex-presidente, a sessão foi interrompida. Ainda não está definida a data para a retomada do julgamento. O que só poderá ocorrer a partir de agosto, quando se encerra o recesso do Judiciário, referente ao mês de julho, que se inicia na próxima semana.

Atualizado às 7h46.



Publicidade