Timóteo terá mais 10 leitos de UTI para pacientes da Covid-19

25/06/2020 07:48

Esta é uma parceria entre a Aperam e a Prefeitura de Timóteo

O juiz de Direito da comarca de Timóteo, Maycon Jésus Barcelos, homologou o acordo para a abertura de 10 leitos de UTI Neonatal/Pediátrica do  Hospital e Maternidade Vital Brazil (HMVB) para o atendimento a pacientes graves com Covid-19. Por meio de uma parceria envolvendo a Prefeitura e a Aperam, os leitos serão adaptados para UTI Adulta e colocados à disposição no enfrentamento ao novo coronavírus.

Pela proposta apresentada pela Prefeitura de Timóteo, a atual gestão do Município assume a posse de bens, serviços e equipamentos da UTI Neonatal/Pediátrica, promovendo a sua habilitação, credenciamento, operacionalização e quaisquer medidas técnicas para o efetivo funcionamento de 10 leitos excepcionalmente durante o período da pandemia e mediante contratação de instituição terceirizada, resguardada as regras da Lei das Licitações, 8.666/93.

01 leito da upa (1)Foto: Divulgação PMT
 

Ao Município caberá o ressarcimento à Sociedade Beneficente São Camilo pelos leitos da UTI Adulta de forma proporcional, como custos com o consumo de gases, água, energia elétrica e outros meios estritamente necessários e essenciais para a operação dos leitos mediante nota fiscal discriminada dos serviços e comprovação dos gastos.

A Aperam South América, que é a proprietária do imóvel d o HMVB, por sua vez, se comprometeu a repassar R$ 1,165 milhão para abertura e funcionamento desses leitos. É bom lembrar que a Sociedade Beneficente São Camilo, mantenedora do HMVB, manifestou no início deste ano a decisão de deixar a gestão da unidade hospitalar.

Já ao governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, caberá o credenciamento emergencial dos novos leitos de UTI garantindo o financiamento complementar dos atendimentos aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).