Comunicação intuitiva com bichos promove conexão com a natureza

Técnica auxilia no desenvolvimento da telepatia entre humanos e seres naturais, expandindo a consciência e a harmonia

Por Plox

25/06/2024 09h42 - Atualizado há 24 dias

A conexão intuitiva com animais, plantas e minerais é uma habilidade que Sheila Waligora, médica veterinária formada pela Universidade de São Paulo em 1984, desenvolveu desde a infância. Pioneira no Brasil e na América do Sul, ela ensina técnicas de comunicação intuitiva com esses seres naturais. Segundo Sheila, os animais podem guiar a espécie humana de volta à sua verdadeira natureza, promovendo uma vida mágica em plena conexão com a natureza.

Foto: Arquivo Pessoal

Sheila publicou diversos livros sobre o tema, incluindo "Eu Falo, Tu Falas... Eles Falam" e "Falando com os Animais". Ela também lançou o CD "Meditação para Comunicação com Seres da Natureza" e três livros da série "Ecomidas Vivas", focados em alimentação viva e vegana para desintoxicação. Em seus retiros, ela utiliza essas obras para ajudar as pessoas a expandirem sua consciência e a curarem suas relações com a natureza.

A especialista oferece consultas e cursos online sobre comunicação intuitiva e ministra retiros duas vezes por ano em todo o Brasil. Esses retiros incluem técnicas de desintoxicação, expansão da consciência e meditação, abordando aspectos físicos, mentais, emocionais e espirituais.

Para Sheila, a comunicação intuitiva não requer vasto conhecimento teórico, mas sim a prática constante e a conexão entre mente e coração. "O diferencial no meu trabalho é que a prática conta 90%, e a teoria, 10%,” afirma Sheila. Cada indivíduo possui um canal receptivo único para a comunicação com outros seres, seja por audição, sensações corporais, visões mentais ou telepatia.

Ela enfatiza que a comunicação telepática é muitas vezes confundida com imaginação. "As pessoas não confiam na comunicação recebida porque aprenderam que os animais se comunicam com gente apenas por meio do comportamento, e não da comunicação direta," explica.

Sheila também acredita na possibilidade de reencarnação dos animais. Ela relata casos onde novos animais demonstraram características de um animal falecido anteriormente, sugerindo uma continuidade de vida espiritual. "Os animais podem, eventualmente, voltar a viver com o mesmo dono," diz Sheila, baseando-se em sua experiência e intuição.

Ela conclui que a comunicação entre espécies é vital para uma existência harmoniosa e colaborativa entre humanos e a natureza. "Muito além da exploração dos reinos animal, vegetal e mineral, para benefício exclusivo do ser humano, abre-se para nós a perspectiva de um relacionamento evolutivo com os animais e demais formas de vida com a clara intenção de colaboração, crescimento e aprendizado. É uma mudança e tanto," finaliza Sheila.

 

Código de ética proposto por Sheila Waligora:

  • Conscientize-se de que está a serviço do plano maior da evolução.
  • Busque implantar a motivação da compaixão em seu ser.
  • Almeje sempre a harmonia nos relacionamentos por meio da comunicação intuitiva.
  • Reconheça que somos seres espirituais vivendo uma experiência na Terra.
  • Exercite-se em ver sempre o melhor em cada ser vivo.
  • Pratique diariamente a gratidão.
  • Especialize-se em ser humilde e desapegado de resultados.
Destaques