Ipatinga

famosos

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    CNN demite Alexandre Garcia por sua opinião no quadro "Liberdade de Opinião”

    A CNN também informou que o quadro “Liberdade de Opinião“ continuará a ser exibido em sua grade de programação

    Por Plox

    25/09/2021 14h21 - Atualizado há 23 dias

    O canal de televisão CNN demitiu o jornalista Alexandre Garcia, em função de sua opinião emitida em participação ao vivo no quadro “liberdade de opinião“, nesta sexta-feira (25). Após ser demitido, ele afirma que vai continuar seu trabalho em seu canal no YouTube. Em nota emitida ainda na noite desta sexta-feira, a CNN assumiu que tomou a decisão de excluir o jornalista do seu quadro de colaboradores em função das posições declaradas por ele. Neste caso em questão, Alexandre Garcia, opinou que acredita em alguns medicamentos, ainda sem comprovação científica, para ajudar no tratamento contra a Covid-19.

    A CNN também informou que o quadro “Liberdade de Opinião“ continuará a ser exibido em sua grade de programação. Logo que a notícia da demissão de Alexandre Garcia chegou às redes sociais, iniciou-se os debates e as polêmicas: o fato que mais chama atenção é o nome do dado pela emissora “Liberdade de Opinião”, que se contrapõe ao motivo da demissão. Para alguns internautas, a decisão da CNN e "irônica ` e até “parece piada“ pois, para eles, se o quadro é Liberdade de Opinião, como a emissora cria um quadro com essa definição e, em seguida, dá uma punição a quem deu a sua opinião. Alexandre Garcia contou que tem alguns conhecidos que declaram terem se curado usando os remédios ainda não comprovados pela ciência para o tratamento de COVD-19.

     

    Foto: reprodução TV


    Ao terminar o comentário, ele disse: “Os tais remédios sem eficácia comprovada salvaram milhares de vidas sendo aplicados imediatamente, mesmo antes do resultado do teste. É na fase 1, na fase 2 às vezes evitam hospitalizações. Na fase 1 sempre evitam hospitalizações, sempre evitam sofrimento. Na fase 3 são ineficazes, depois que a pessoa já está hospitalizada ou intubada. [...] Essa questão de eficácia comprovada a gente só vai saber daqui uns três anos. Agora tudo é experimental.

    Veja o comunicado da emissora
    A CNN Brasil comunica que rescindiu o contrato com o jornalista Alexandre Garcia nesta sexta-feira (24). A decisão foi tomada após o comentarista reiterar a defesa do tratamento precoce contra a covid-19 com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada. O quadro "Liberdade de Opinião" continuará na programação da emissora, dentro do jornal "Novo Dia". A CNN Brasil reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]