Cerca de 30 famílias estão desalojadas por conta das chuvas em Fabriciano

26/01/2020 10:36

Um dos bairros mais afetados foi o Dom Helvécio, mais conhecido como “Prainha”

Publicidade

Nesse sábado (25), o prefeito de Coronel Fabriciano, Marcos Vinicius, instaurou um Comitê de Crise, para ampliar as ações em andamento por conta das chuvas na cidade.

Segundo a Prefeitura, o Plano de Contingência também já foi acionado na cidade e, em 48 horas, choveu mais de 100 mm, segundo dados dos institutos de meteorologia. A previsão para domingo, 26, é de precipitação pluviométrica de mais 60 mm.

 

prainha-fabriPrainha ficou alagada em Coronel Fabriciano. Foto: reprodução/WhatsApp
 

De acordo com o governo municipal, cerca de 30 famílias tiveram de deixar suas casas por orientação da Defesa Civil e foram realocadas na Escola Municipal Boa Vista, no bairro Santa Helena. Outras famílias foram encaminhadas para casa de familiares, por opção das mesmas e, de acordo com a Prefeitura, eles estão recebendo apoio integral, como alimentação e transporte.

A prefeitura informou também que desde a madrugada desse sábado, as equipes da Defesa Civil, secretarias municipais e órgãos de proteção como Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, estão nas ruas para garantir a segurança da população. Máquinas também foram disponibilizadas e trabalham na desobstrução de vias.

 

manoel-maia-fabriRua do bairro Manoel Maia ficou alagada. Foto: reprodução/WhatsApp
 

Os pontos de alagamento são os bairros: JK, Surinã, Santo Antônio, Manoel Maia, Floresta, Frederico Ozanan, Judith Bhering, Manoel Domingos (Prainha) e Santa Terezinha. Os moradores do Mangueiras e Amaro Lanari também estão sob alerta para o risco de inundação.

Ainda segundo o governo municipal, as ocorrências de deslizamentos foram registradas nos bairros Santo Antônio, Manoel Maia, Manoel Domingos, São Cristóvão, Judith Bhering, Santa Cruz, Caladinho de Cima e Morada do Vale.

 

manoel-domingos-fabriDesmoronamento no bairro Manoel Domingos, em Fabriciano. Foto: reprodução/WhatsApp
 

Não há registro de vítimas até o momento.

 

fabriSecretaria de Obras segue o trabalho para limpeza de vias atingidas. Foto: divulgação/PMCF

 

fabri-2Funcionários da Prefeitura alertaram os moradores para possíveis rachaduras e problemas nas residências. Foto: divulgação/PMCF
 

Hospital dr. José Maria Morais

O Hospital Dr. José Maria Morais também está em alerta e pronto para entrar em ação caso necessário. Foi montado um plano de ação que prevê o socorro imediato a vitimas de catástrofes, mesmo não sendo este o perfil do hospital. Uma equipe de médicos, enfermeiros e técnicos está de plantão. Um quarto foi reservado, assim como um leito de UTI. Funcionários que se disponibilizaram, integram uma lista para convocação imediata. Foram separados materiais e equipamentos.

Em caso de emergência, o cidadão deve ligar para a Defesa Civil Municipal  que atende pelo 199 (plantão) e pelo telefone 3846-7702; Polícia Militar, 190 e Corpo de Bombeiros, 193.



Publicidade