Sobe para 37 o número de mortes por conta das chuvas em MG

26/01/2020 13:51

No Leste de Minas gerais, foram registradas 15 mortes por conta das chuvas

Publicidade

Até este domingo (26), em Minas Gerais, foram registrados 37 mortes por conta das fortes chuvas que atinge o estado. Principalmente na região central e no Leste mineiro.

A mortes foram registradas sendo três em Alto do Caparaó, três em Alto Jequitibá, oito em Belo Horizonte, seis em Betim, cinco em Ibirité, uma em contagem, uma em divino, duas em Luisburgo, uma em Manhuaçu, duas em Pedra Bonita, uma em santa Margarida, três em Simonésia e uma em Tocantins.

 

carangolaCidade de Carangola ficou alagada. O time do Cruzeiro, que passaria pela cidade para jogar em Tombos, não conseguiu passar e jogo foi adiado. Foto: reprodução/WhatsApp

 

No Leste de Minas Gerais, foram registradas 15 mortes por conta das chuvas. Em Alto Caparaó, três pessoas foram arrastadas pelas águas, em Alto Jequitibá, uma pessoa foi soterrada e duas levadas pela correnteza.

Em Luisburgo, Simonésia, Pedra Bonita e Santa Margarida, todas as mortes registradas foram por soterramentos. Já em Manhuaçu, um homem morreu afogado.

 

manhuaçuManhuaçu tem sido castigada pelas chuvas. Foto: reprodução/WhatApp

 

manhuaçu-1Manhuaçu tem sido castigada pelas chuvas. Foto: reprodução/WhatApp
 

Desaparecidos

O número total de desaparecidos em Minas Gerais é de 25 pessoas. No Leste de Minas Gerais, cinco pessoas seguem desaparecidas, sendo uma delas em Alto Caparaó, que teria sido arrastada pelas águas.

Já em Pedra Bonita e Luisburgo, as vítimas procuradas estariam soterradas.

 

sá-carvalhoComportas da represa Sá Carvalho, em Antônio Dias, foram abertas, elevando o nível do Rio Piracicaba. Foto: reprodução/WhatsApp

 

Timóteo-editadoCidades do Vale do Aço tem sofrido com as chuvas. Parte do distrito de Cachoeira do Vale, em Timóteo-MG, foi tomado pela água do Rio Piracicaba.
 


Publicidade