Quinoa: O supergrão andino que impulsiona a saúde e nutrição

Especialistas destacam as vantagens nutricionais e dicas de consumo da quinoa, um aliado para o bem-estar

Por Plox

26/02/2024 16h48 - Atualizado há cerca de 2 meses

Originária das montanhas da América do Sul, a quinoa tem ganhado destaque no cenário global por suas propriedades nutritivas excepcionais. Este grão, pertencente à família das Chenopodiaceae, é cultivado principalmente na Bolívia, Peru, Colômbia e Equador. Guta Pudell, renomada culinarista, realça a importância da quinoa, afirmando que "É muito proteica, fonte de vitaminas do complexo B, fibras e minerais. A qualidade de proteínas que possui é comparável às fontes de origem animal, não pela quantidade, mas pela união de vários tipos proteicos que oferecem tudo o que o organismo necessita".

Foto: Pixabay/Reprodução

Implicações para a Saúde

A quinoa é altamente recomendada para atletas e praticantes de atividades físicas devido ao seu alto teor de proteínas, essencial para o fortalecimento muscular. Adriana Cerchiari de Andrade, nutricionista, destaca seu papel na prevenção e tratamento de dislipidemias, obesidade, doenças cardiovasculares e hipertensão arterial. A nutricionista Queila Turchetto acrescenta: "[Ela é] eficiente na prevenção de enfermidades crônicas, como a osteoporose, doenças do coração e outras alterações femininas decorrentes da carência de estrogênios na menopausa".

Orientações de Consumo

Apesar de não haver uma quantidade máxima estabelecida para o consumo da quinoa, Turchetto sugere que 2 a 4 colheres de sopa diárias são suficientes para aproveitar seus benefícios. Guta Pudell recomenda a combinação da quinoa com alimentos ricos em vitamina C para potencializar a absorção dos nutrientes. Além disso, a semente pode ser incorporada em diversas receitas, como saladas, iogurtes com frutas, sucos, vitaminas e até mesmo substituir a farinha de trigo no preparo de bolos, pães e biscoitos.

Dicas de Preparo

Uma técnica infalível para o preparo da quinoa é utilizar três xícaras de chá da semente para cada xícara de chá de água, cozinhando em fogo baixo. Após a cocção, a quinoa pode ser utilizada em pratos como tabules, quibes de quinoa (com carne de soja) e até em calda doce de uva.

Composição Nutricional Detalhada

Queila Turchetto explica que as sementes de quinoa contêm 23% de proteínas e são ricas em uma variedade de vitaminas, incluindo B1, B2, B3, B6, C e E. Além disso, são fontes valiosas de minerais como ferro, fósforo e cálcio, contribuindo significativamente para uma dieta equilibrada e saudável.

Destaques