Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Policia prende acusado de assassinato na região do Vale Aço

    Na operação também foram apreendidas armas, drogas e dinheiro relacionado ao tráfico de drogas e ao homicídio

    Por Plox

    26/03/2021 20h01 - Atualizado há cerca de 1 ano

    Nesta sexta-feira (26), a Polícia Civil de Coronel Fabriciano, em operação, realizou a prisão de três indivíduos ligados à prática dos crimes de tráfico de drogas e de homicídio na cidade de Antônio Dias.

    A operação, que contou com vários policiais civis, se concentrou nas imediações do bairro Novo Centro e do Distrito de São Joaquim da Bocaina, em Antônio Dias.

    Segundo informações repassadas ao PLOX pela polícia, durante o cumprimento das ordens de busca e apreensão no bairro Novo Centro, foram presos em flagrante duas pessoas, L.L.S.S, de 21 anos e G.A.S de 51 anos. Junto com eles, foram apreendidas uma pistola de calibre 22, acompanhada de dois carregadores e seis munições. Também foi apreendida a quantia aproximada de R$11.700,00, uma porção de maconha, nove relógios, além de vários celulares e objetos de procedência duvidosa.

    Já no distrito de São Joaquim da Bocaina, os policiais cumpriram a ordem de prisão cautelar de D.M.A.T, de 40 anos, por estar sendo apontado nas investigações como o autor da morte de Amilton Martins de Souza, vulgo ITA, no dia 25 de fevereiro de 2021, no Distrito de São Joaquim da Bocaina, em Antônio Dias.

    Foto: Divulgação/PCMG

     

    De acordo com a polícia, D.M.A.T teria assassinado a vítima por motivo de vingança, uma vez que Amilton teria supostamente tido participação em um roubo ocorrido na sua pousada, no mês de setembro de 2020. Situação que na época dos fatos, não ficou demonstrada na investigação que resultou na prisão de outras quatro pessoas.

    No momento da prisão, foram localizadas com o indivíduo duas armas de fogo, sendo uma pistola calibre 9mm e uma pistola calibre .40, quatro carregadores e 49 munições, além de um aparelho celular.

    Ainda de acordo com os policiais, o autor ainda não soube dizer o paradeiro de uma arma de fogo calibre 380, da qual também possuía o registro. Segundo a PC, existe a possibilidade desta arma de fogo ter sido destruída pelo suspeito, para dificultar as investigações, uma vez que ela teria sido utilizada na execução de Amilton Martins. Durante o seu depoimento, D.M.A.T negou o seu envolvimento com o crime.

    Ao final da operação, os investigados  foram encaminhados ao sistema prisional, para permanecerem à disposição da justiça.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]