Jornalista é executado a tiros na porta de casa; nenhum suspeito tinha sido preso

26/05/2019 09:21

Segundo a polícia, ele pretendia se candidatar nas eleições de 2020

Publicidade

Um jornalista foi assassinado a tiros, no Rio de Janeiro, na noite desse sábado (25). De acordo com a Polícia Civil, Robson Giorno era dono do jornal ‘ O Maricá’. Ele foi morto na porta da sua casa, no bairro Boqueirão.

Conforme a polícia, a vítima chegava em sua casa quando foi alvejado por uma pessoa que passava de carro em frente a sua residência. Ainda não há suspeito do crime. Familiares do jornalista compareceram à delegacia e renderam esclarecimentos.
Segundo o órgão, por meio de uma rede social, o jornalista pretendia se candidatar nas eleições de 2020.

robsonO jornalista pretendia se candidatar nas próximas eleições municipais (Foto: reprodução/ Redes Sociais)

Por meio de nota, “A Prefeitura de Maricá manifesta seu pesar pela morte trágica do jornalista Robson Giorno e espera que as investigações conduzam rapidamente à identificação e punição dos responsáveis. Assim como reiteramos nosso compromisso com a liberdade de imprensa e de expressão, repudiamos também qualquer ato de violência. Reafirmamos ainda nossa permanente preocupação com a segurança de todos os que vivem e trabalham em Maricá. Nossos sentimentos à família”.

O caso será investigado pela Polícia Civil.



Publicidade