Anatel dá o sinal verde para 5G em 35 cidades de Minas Gerais

Totaliza 1.423 cidades brasileiras com o sinal liberado, abrangendo aproximadamente 65% da população nacional.

Por Plox

26/05/2023 10h31 - Atualizado há 11 meses

O marco tecnológico avança em Minas Gerais com a recente notícia da liberação da rede 5G pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para mais 35 municípios do estado, incluindo a cidade histórica de Ouro Preto. Essa ampliação, que ocorreu também em outras 424 cidades do país, faz parte de um movimento maior, pois totaliza 1.423 cidades brasileiras com o sinal liberado, abrangendo aproximadamente 65% da população nacional.

Início da nova era digital em Minas Gerais

De Água Comprida à Veríssimo, a lista das cidades mineiras agraciadas com o 5G reflete a diversidade do estado. Entre as beneficiadas, incluem-se cidades históricas como Mariana e Ouro Preto, além de polos industriais e turísticos, como Coronel Fabriciano e Poços de Caldas. Com a liberação do 5G, as operadoras que estiverem devidamente preparadas poderão começar a oferecer o novo sinal à população a partir de 30 de maio, dependendo da solicitação de licenciamento e ativação de suas estações à Anatel.

Foto: Pixabay/Reprodução

Interferências e adaptações necessárias para o 5G

A implantação da rede 5G também traz algumas considerações importantes para os consumidores. Aqueles que recebem transmissões de TV aberta pela antena parabólica precisarão adaptar seus equipamentos para evitar interferências com o novo sinal. Para as famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), é oferecido um novo aparelho gratuitamente pelo programa Siga Antenado, podendo ser solicitado através do site do programa ou pelo telefone 0800-729-2404.

É importante frisar que nem todos os aparelhos celulares são compatíveis com o sinal de 5G. Para saber se o seu dispositivo está habilitado para o novo sinal, a Anatel mantém uma lista dos aparelhos que aceitam o sinal de 5G.

Nota de esclarecimento

A Anatel esclarece que a liberação da rede 5G não significa que o sinal estará disponível em todas as novas cidades já no dia 30 de maio. A ativação do sinal em cada local depende de cada operadora solicitar o licenciamento e a ativação de suas estações. No entanto, a liberação já representa um grande avanço na conectividade e na inclusão digital no país.

Destaques