Homem é atacado por 40 crocodilos

A vítima, que residia no local e estava envolvida na criação desses répteis, encontrou seu fim na área reservada para os animais.

Por Plox

26/05/2023 12h46 - Atualizado há 10 meses

Em um trágico evento ocorrido na cidade de Siem Reap, Camboja, um homem de 72 anos foi brutalmente atacado e morto por cerca de 40 crocodilos. A vítima, que residia no local e estava envolvida na criação desses répteis, encontrou seu fim na área reservada para os animais.

 

Uma Luta Injusta pela Sobrevivência

Na sexta-feira, 26 de maio, o idoso se encontrava removendo um crocodilo que havia acabado de desovar de sua gaiola. Infelizmente, durante a operação, o réptil conseguiu tomar o bastão usado pelo homem para a manobra, arrastando-o para a área reservada aos animais.

O chefe de polícia de Siem Reap, Mey Savry, relatou que "os répteis avançaram sobre o homem e o despedaçaram". Foi dito que o homem teve um de seus braços arrancado e devorado pelos animais.

Um Lugar Perigoso

Esta não é a primeira vez que um incidente tão horrível ocorre na região. Mey Savry lembrou que, em 2019, uma menina de dois anos foi devorada por crocodilos em outra fazenda nas proximidades.

Siem Reap é um centro de atrações turísticas, sendo conhecida por dar acesso às famosas ruínas de Angkor Wat. No entanto, também é lar de numerosas fazendas de crocodilos, onde estes são criados para fins comerciais, incluindo a venda de seus ovos, pele e carne.

Segurança em Questão

Este terrível incidente traz à tona a questão da segurança dessas fazendas de criação de répteis. É um lembrete cruel de que, embora a criação de crocodilos seja uma prática comum na região, ainda há riscos significativos associados à sua manutenção, especialmente para aqueles que trabalham de perto com esses animais poderosos e potencialmente perigosos.

Destaques