Vereadores presos pelo GAECO ganham liberdade provisória

26/06/2019 15:06

O chefe de gabinete, Ivan Teixeira, também recebeu a liberdade provisória

Publicidade

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) concedeu nesta quarta-feira (26), liberdade provisória a três ex-vereadores de Ipatinga-MG; Luís Márcio, Rogerinho, Paulo Reis; e um ex-assessor parlamentar, Ivan Teixeira, presos no mês de fevereiro, na Operação Dolos do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO).

A decisão foi publicada no site do TJMG e concedida pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Ipatinga.

A informação foi confirmada junto ao advogado Ignácio Barros. 

Segundo Ignácio, algumas medidas cautelares foram determinadas e ainda hoje (26) será realizada a soltura dos detidos.

De acordo com as defesas dos envolvidos, houve uma ação conjunta dos advogados de cada vereador.

Luís Márcio foi o primeiro vereador preso na Operação que investiga esquema de “rachadinha”, na Câmara Municipal de Ipatinga, no dia 15 de fevereiro. O chefe de gabinete do ex-vereador Paulo Reis, foi preso no dia seguinte, 16 de fevereiro.

Rogerinho, também acusado, teve mandado de prisão expedido e se entregou no dia 20 de fevereiro. Paulo Reis também se entregou à Polícia após vários dias sendo procurado.
 



Publicidade