Ministro do Meio Ambiente pode ser desfiliado do partido Novo

Ele é alvo de uma representação do deputado estadual Chicão Bulhões

Por Plox

26/08/2019 09h17 - Atualizado há mais de 4 anos

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, é alvo de uma representação do deputado estadual Chicão Bulhões (Novo-RJ) para que ele seja desfiliado do partido. Segundo o Twitter postado pelo parlamentar no último sábado, 24 de agosto, a representação foi feita no Conselho de Ética da sigla e teve o aval dos integrantes Marcelo Trindade e Ricardo Rangel.

O argumento para o pedido, conforme escreveu o deputado, se deve à “postura inadequada e o histórico de constrangimentos causados pelo ministro Salles, que tem gerado dano à imagem e à reputação do Novo, são alguns dos motivos para os pedidos".

Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente  Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Ministro Salles pode ser desfiliado do partido Novo- Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Bulhões defendeu que o trio entende que o ministro atua de maneira divergente à postura do Novo e que "atitudes como essa reduzem a capacidade de interlocução do País com seus pares internacionais e geram instabilidade". Por ocupar cargo no governo sem a indicação do Novo, o parlamentar ainda pediu o afastamento do ministro da sigla, já que existe uma resolução do partido, de maio deste ano, que trata da questão.

O ex-candidato à presidência da República e presidente do Novo, João Amoêdo, escreveu em seu Twitter na semana passada: "Condeno e lamento as atividades ilegais praticadas no patrimônio natural brasileiro. Temos um compromisso com as próximas gerações”, disse um trecho de seu post. 

twitter
Foto: Reprodução/Twitter

Atualizada às 10h01

Destaques