ANTT garante que fará alças de acesso à BR-381 em Fabriciano

Segundo a Administração, o projeto da Prefeitura, acatado na íntegra, prevê a construção de quatro acessos na rodovia

Por Plox

26/11/2020 13h44 - Atualizado há mais de 3 anos

A construção de alças interligando Coronel Fabriciano a BR-381 será contemplada no plano de trabalho da nova concessão da rodovia federal. Segundo Marcos Vinícius, prefeito de Coronel Fabriciano-MG, a garantia foi dada pelo gerente da Superintendência de Concessões Rodoviárias e Ferroviárias da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Marcelo Fonseca, em reunião realizada nessa quarta-feira (25), em Brasília.

“É uma vitória histórica não só de Fabriciano, mas de todo o Vale do Aço. Participamos de várias audiências, encontros e nessa reunião importantíssima tivemos a confirmação da ANTT que as propostas feitas pelo município foram aceitas na íntegra. As quatro alças de acesso direto à BR 381 serão feitas no próximo lote de obras e vão devolver dignidade, possibilitar o desenvolvimento e corrigir um erro com Fabriciano e Timóteo que ficaram fora do traçado da duplicação”, disse Marcos Vinicius.

 

 

De acordo com o projeto do Executivo Municipal, acatado na íntegra, prevê a construção de quatro acessos, sendo eles: na “Ponte Velha”, sobre o rio Piracicaba que reabriu em janeiro deste ano após reforma (Todos os Santos); na altura do Hospital Metropolitano da Unimed (Mangueiras); Distrito Industrial I (Belvedere) e o trevo do Distrito Industrial II (entre Timóteo e Fabriciano, onde o município pleiteia a construção do porto seco).

“A licitação do novo lote de obras que vai contemplar o pleito de Fabriciano será no primeiro semestre de 2021 e prevê investimentos de R$ 100 milhões”, antecipa. Na reunião, Dr. Marcos Vinicius estava acompanhado do deputado federal, Domingos Sávio (PSDB); secretário de Governança Urbana, Planejamento e Meio Ambiente, Douglas Prado; e gerente de Planejamento, Fabrício Farias. “É uma vitória também do deputado Domingos Sávio que interviu em favor do pleito do município e da equipe da secretaria de Planejamento, que fez o projeto”, agradeceu o prefeito.

Desenvolvimento Urbano e Econômico

Segundo a Administração, a construção do trevo do Distrito Industrial ll e o trevo do Distrito Industrial l com a BR-381 são cruciais para novo Plano de Desenvolvimento da cidade. De acordo com o prefeito Marcos Vinicius, o município precisava de parcerias nestes investimentos, que são altos e de grande complexidade. “Com a inclusão destes projetos na ordem de concessão à BR 381 daremos um grande salto grande para avançar em outros pleitos, como o Terminal Multimodal no Distrito II, que vai mudar a história de Fabriciano” resumiu.

O Porto Seco
O prefeito de Fabriciano abordou o Porto Seco, uma plataforma multimodal, pleiteado pela Prefeitura de Coronel Fabriciano, será instalado na área destinada ao Distrito Industrial II, próximo à Ponte Mauá, no limite com Timóteo. “O município já disponibilizou um local estratégico – com aproximadamente 100 mil m², acesso à BR 381 e próximo a siderúrgicas, como Aperam. O equipamento funcionará anexo ao Distrito Industrial II, cujo projeto prevê capacidade para instalação de até 200 empresas e já está em negociações avançadas’, disse Marcos Vinícius.

O projeto foi protocolado junto Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), em 2018, e tem custo estimado em R$ 40 milhões, como medidas compensatórias e mitigatórias aos impactos decorrentes da presença da ferrovia Vitória-Minas na cidade. 
 

Destaques