Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Homem é morto no momento que recebia socorro em Fabriciano

    Segundo informações, ele estava recebendo atendimento do Samu quando teria sido atacado

    Por Plox

    26/12/2021 12h29 - Atualizado há 6 meses

    Na noite desse sábado (25), um homem, identificado como Luciano Antônio Teotônio, de 42 anos, foi morto no bairro Contente, em Coronel Fabriciano, Minas Gerais. Relatos preliminares dão conta de que Luciano Teotônio teria sido morto por indivíduos no momento em que recebia socorro.

    Segundo informações, a Polícia Militar teria sido acionada, recebendo relatos dando conta de que uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) teria sido roubada por indivíduos armados,  durante socorro a uma vítima. As informações ainda davam conta de que os socorristas e a vítima em atendimento teriam sido levados pelos bandidos na viatura.  

    Foram iniciados os trabalhos para localização da viatura do Samu e, após diligências, o veículo foi encontrado na rua Apuã, sendo constatado se tratar de um homicídio, não roubo de viatura e sequestro.

    Conforme os relatos de um dos socorristas aos policiais, eles foram acionados por Roberto Rodrigues, mais conhecido como Beto Cavaleiro, vereador da cidade, para atender a ocorrência. O socorrista informou que estavam aguardando na parte baixa do bairro e pensava em pedir apoio policial, por conta do local ermo. Em determinado momento, um veículo Corsa, com quatro indivíduos, se aproximou da ambulância.

    De acordo com o socorrista, os indivíduos disseram: "nós não queremos PM [Polícia Militar]. Estamos fazendo um convite aos senhores pra subir". Nesse momento, os socorristas foram até a residência, para atender Luciano Teotônio. Ele estava dentro da casa, apresentava um ferimento no braço esquerdo, estava bastante confuso e com falas desconexas, aparentando estar em choque, dando entender que não queria sair do local.

    Uma imagem que circula em grupos de WhatsApp mostra um carro de uma funerária, que teria sido acionada para recolher o corpo de Luciano Teotônio. Foto: reprodução

     

    Ainda segundo o socorrista, um casal que estava na casa e o vereador, que estava no local, ajudaram a carregar Luciano teotônio na prancha do Samu. Consta no boletim de ocorrência que, no momento em que a vítima seria transportada, o socorrista foi preparar a maca e, nessa hora, ouviu uma gritaria e percebeu que três indivíduos corriam do local, sendo um deles de blusa vermelha e bermuda branca. Uma socorrista que também estava na ambulância, corroborou com a versão do colega de trabalho e disse que três indivíduos saíram correndo do local. Os socorristas foram até a vítima, porém, Luciano Teotônio já estava sem vida.

    O casal disse aos policiais que estavam em uma confraternização, em outro local e, ao chegarem em casa, se depararam com Luciano, que é tio da mulher, dentro da residência. Eles disseram que Luciano morava em uma casa nos fundos do lote. O casal informou não saber de nenhuma desavença ou inimizade de do homem.

    Em vistoria no local os militares constataram que na casa da vítima, a porta estava arrombada e havia sangue no chão, levando a crer que Luciano, provavelmente após ser ferido, caminhou até a casa da frente (do casal). os policiais procuraram o vereador Beto Cavaleiro, porém, ele não foi localizado.

    A perícia da Polícia Civil foi acionada e, após os trabalhos de praxe, o corpo da vítima foi removido pela funerária de Plantão. O caso será investigado.
     

    Matéria atualizada às 14h02.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]