Veja três roteiros de ecoturismo para desbravar o Norte e Nordeste brasileiro

As regiões Norte e Nordeste abrigam algumas das paisagens mais bonitas do Brasil

Por Plox

27/01/2020 19h36 - Atualizado há 9 meses

As regiões Norte e Nordeste abrigam algumas das paisagens mais bonitas do Brasil. Não à toa, sua exuberante natureza é cenário de diversos roteiros de ecoturismo que envolvem trilhas, banhos de cachoeira, escaladas em paredões e muito mais. Tanto os aficionados por belezas naturais, quanto os apaixonados por adrenalina encontram, por ali, diversas opções de lazer e aventura.

Veja três roteiros imperdíveis para quem busca por experiências únicas e roteiros personalizados em contato com a natureza.

 

Jalapão, Tocantins

Destino de águas abundantes, chapadões, dunas, serras e fervedouros, o Jalapão já é famoso entre os viajantes que buscam por esse tipo de viagem. Integrando belas paisagens a atividades de aventura como rafting, canoagem e rapel, o local está pronto para o turismo e concentra diversos circuitos que podem ser explorados a partir das cidades de Mateiros e Ponte Alta do Tocantins – consideradas como base para os visitantes da região.

Entre os atrativos locais, o destaque fica por conta das dunas douradas, que chegam até 40 metros de altura, e os fervedouros, que são nascentes de rios subterrâneos que formam piscinas naturais de água cristalina onde – por conta da pressão da água – os visitantes não afundam.

 

turismo-3Imagens das dunas do Jalapão. Foto: divulgação
 

Mas o Parque Nacional ainda conta com cachoeiras, como a da Velha, de 15 metros de altura em formato de ferradura, e a da Formiga, com águas verde-esmeralda; assim como enormes paredões de rocha; o Cânion Sussuapara, de 12 metros; a Lagoa do Japonês, e muito mais.

 

São Desidério, Bahia

Integrante do circuito Caminhos do Oeste, na Bahia, e sendo considerado um dos maiores patrimônios espeleológicos do Brasil, a cidade de São Desidério é um refúgio de ecoturismo ainda pouco explorado. Apesar de sua distância de Salvador, de aproximadamente 900 quilômetros, o lugar tem fácil acesso via Barreiras, cidade a apenas 27 quilômetros dali, com aeroporto que recebe voos regulares de Belo Horizonte, Brasília e Salvador.

Entre grutas, cavernas e paredões, suas principais atrações são: a Gruta do Catão, com cem metros de extensão e duas colunas de 10 metros de altura formando um portal natural, além de estalactites, formações de rocha calcária e um rio subterrâneo passando gruta adentro; a Lagoa Azul, cercada por paredões rochosos e águas de até 40 metros de profundidade, criando um cenário exuberante para contemplação; e o Paredão do Deus me Livre, com rochas de até 30 metros de altura.

 

turismo-2Gruta do Catão, fica na Bahia. Foto: divulgação
 

Estando na cidade, vale ainda conhecer a Fazenda Gruta das Pedras Brilhantes, onde se reúnem pinturas rupestres, artefatos e indícios de um cemitério indígena, a Gruta da Sopradeira e a Garganta do Bacupari, assim como as produções de artesanato local, feito com capim dourado e palha do buriti.

A cidade conta ainda com um dos maiores e mais renomados ornitólogos do Brasil, Luiz Trinchão. Aos 81 anos, ele dá verdadeiras aulas a céu aberto durante a condução de grupos para o avistamento de pássaros por toda a região de São Desidério.

 

Serras Gerais, Tocantins

A região das Serras Gerais é formada por oito municípios dispostos no maior conjunto de serras do país. Entre Aurora do Tocantins e Taguatinga, esse destino conta com rios, cânions, cachoeiras e cavernas que atraem a atenção dos amantes do ecoturismo.

Para conhecer o melhor do lugar, situado no sudoeste tocantinense, é possível fazer um roteiro desbravando sua rica fauna e flora, que conta inclusive com exemplares de pau brasil, até chegar a pontos imperdíveis como o Cânion Encantado, na cidade de Almas. O local nada mais é do que um imponente paredão de mais de 70 metros de altura com quatro quedas d’água que completam a paisagem.

 

turismoCânion Encantado, fica na cidade de Almas, no Tocantins. Foto: divulgação

 

Outra parada obrigatória é na Cidade de Pedra, uma concentração de formações rochosas esculpidas pelo tempo em uma área de 15 quilômetros quadrados. Suas formas indefinidas ganham vida na imaginação dos visitantes, que enxergam uma espécie de cidade com edifícios de diversos tamanhos.

Ainda nessa região, o visitante pode apreciar um belo entardecer no Arco do Sol, também chamado de Pedra Furada, aproveitar cachoeiras como a do Pelado e experimentar a gastronomia local.
 

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2020