Revisão do bolsa família visa excluir cadastros irregulares em 2024

Governo amplia fiscalização do Cadastro Único, afetando milhões de famílias beneficiárias

Por Plox

27/02/2024 09h35 - Atualizado há cerca de 2 meses

O governo brasileiro intensifica as ações de fiscalização do programa Bolsa Família, prevendo a exclusão de milhares de cadastros por inconsistências. Com foco na autenticidade dos dados do Cadastro Único, a iniciativa do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS) mira na revisão de informações de aproximadamente 7 milhões de famílias ao longo de 2024. Essa medida vem na sequência de esforços pregressos para erradicar fraudes e irregularidades no sistema, que atualmente beneficia cerca de 21 milhões de pessoas.

Prioridade na Atualização Cadastral

Para assegurar a continuidade do recebimento dos benefícios, é crucial que os beneficiários mantenham seus dados sempre atualizados e precisos. O programa alerta para a importância de atender prontamente a qualquer comunicação ou pedido de informação adicional, visando evitar bloqueios ou cancelamentos.

Foco no Combate às Irregularidades

Diversas razões podem levar à necessidade de revisão dos cadastros, incluindo dados desatualizados, aumento da renda per capita acima do limite estabelecido, frequência escolar abaixo do mínimo exigido, falta de acompanhamento nutricional para crianças ou o não cumprimento do pré-natal por gestantes. Para manter o benefício, as famílias devem se enquadrar na faixa de renda per capita de até R$ 218 e ter seus dados corretamente registrados no Cadastro Único.

Procedimentos para Desbloqueio de Benefícios

Caso ocorra o bloqueio do benefício, o titular será notificado e poderá solicitar o desbloqueio dentro de um prazo de 30 dias. Após a aprovação, os valores retidos durante o período de bloqueio serão liberados, geralmente dentro de 90 dias. Para tal, é necessário procurar o Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) mais próximo, munido de documentação comprobatória, para atualizar as informações e aguardar a reativação do benefício.

Calendário de Pagamentos Março 2024

O Bolsa Família segue um calendário de pagamentos baseado no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários, com as datas de março variando do dia 15 ao 28. É essencial que os beneficiários estejam atentos a essas datas para garantir o recebimento dos valores devidos.

Destaques