Crescimento de transações bancárias pelo celular atinge 70% no Brasil

O celular se consolidou como o canal preferido dos brasileiros para suas operações bancárias.

Por Plox

27/06/2024 08h05 - Atualizado há 20 dias

Em 2023, 130,7 bilhões de operações bancárias foram realizadas por smartphones, representando um aumento de 22% em relação ao ano anterior, conforme a Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária, realizada pela Deloitte. Esse dado foi divulgado durante o evento Febraban Tech, em São Paulo, na quarta-feira (26).

Entre 2019 e 2023, as transações via smartphone cresceram 251% no Brasil. "O celular se consolidou como o canal preferido dos brasileiros para suas operações bancárias. A pesquisa mostra mais uma vez a grande aceitação do público com o mobile banking, devido à eficiência e praticidade nas operações do dia a dia”, afirmou Rodrigo Mulinari, diretor responsável pela pesquisa.

Reprodução: Pixabay

Os dados revelam que 79% das transações bancárias foram realizadas por canais digitais, incluindo celular, internet banking e aplicativos de mensagens. Especificamente, o uso de aplicativos de mensagens para transações bancárias cresceu 76%, passando de 70,9 milhões para 125,2 milhões de operações no período.

O total de transações bancárias em 2023 alcançou um recorde de 186 bilhões, um crescimento de 19% em relação ao ano anterior. Embora a utilização de canais físicos tenha diminuído, ainda são importantes no cenário bancário brasileiro, conforme destacou Mulinari.

O Pix, sistema de pagamento instantâneo, também apresentou crescimento significativo. Em 2023, houve um aumento de 16% no número de usuários cadastrados, somando 71,5 milhões de novos usuários ao sistema financeiro nacional. O volume de transações via Pix aumentou 74%, de 24,1 bilhões em 2022 para 41,9 bilhões em 2023. "O Pix veio para revolucionar o mercado financeiro e continua constantemente nos surpreendendo. Suas operações continuam em ascensão e batem consecutivos recordes”, ressaltou Mulinari.

A pesquisa, que foi realizada entre janeiro e abril de 2024, incluiu dados de 21 bancos, representando 80% dos ativos da indústria bancária brasileira.

Destaques