Operação da Polícia Federal flagra rádio clandestina em Ipatinga

O objetivo é desmantelar a rádio clandestina, além de apreender equipamentos utilizados na prática ilegal e coletar provas para a investigação em andamento

Por Plox

27/06/2024 13h38 - Atualizado há 20 dias

A Polícia Federal, com apoio da ANATEL, deflagrou na manhã desta quinta-feira, 27 de junho, a Operação Paradoxo, visando combater o desenvolvimento ilegal de atividades de telecomunicações, popularmente conhecidas como “rádios piratas”.

Foto: Divulgação/PF

A ação cumpriu um mandado de busca e apreensão, expedido pela 2ª Vara Federal da Seção Judiciária de Ipatinga, na residência do principal suspeito e, com a autorização da moradora, em uma casa adjacente pertencente a parentes do investigado. O objetivo é desmantelar a rádio clandestina, além de apreender equipamentos utilizados na prática ilegal e coletar provas para a investigação em andamento.

Foto: Divulgação/PF

As transmissões não autorizadas pela ANATEL tinham o potencial de causar interferências em aeroportos, aeronaves, serviços via satélite e em telecomunicações em geral. Durante a operação, foram apreendidos diversos equipamentos de transmissão, incluindo computadores, mesas de som e microfones.

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal continua as investigações para identificar outros envolvidos na operação da rádio clandestina e reforçar o combate a este tipo de crime que pode afetar a segurança e os serviços essenciais de telecomunicações.

 

 

 

 

Destaques