Paraisópolis é alvo de operação da PM contra tráfico de drogas

Polícia Militar realiza "Operação Impacto" com apoio do 5° Batalhão de Choque e do Canil para combater o tráfico de drogas na Zona Sul de São Paulo. Ação ocorre um dia antes da audiência judicial sobre a morte de 9 jovens em 2019

Por Plox

27/06/2024 10h25 - Atualizado há 6 dias

A Polícia Militar (PM) está conduzindo, desde a manhã desta quinta-feira (27), a "Operação Impacto" com o objetivo de combater o tráfico de drogas na comunidade de Paraisópolis, localizada na Zona Sul de São Paulo. A ação conta com a participação de policiais e cães do 5° Batalhão de Choque e do Canil.

Foto: Divulgação/SSP

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a operação é uma ação de rotina destinada a coibir o comércio ilegal de entorpecentes na região. "As diligências estão em andamento e maiores informações serão fornecidas ao término dos trabalhos de campo", informou a SSP por meio de sua assessoria de imprensa.

A operação ocorre um dia antes da quarta audiência de instrução judicial envolvendo 13 policiais militares acusados de assumir o risco de matar nove jovens durante uma incursão em um baile funk em Paraisópolis, em 2019. Esses agentes são réus no processo por homicídio com dolo eventual, respondendo ao crime em liberdade e negando as acusações. A audiência desta sexta-feira (28) é crucial para decidir se os PMs serão levados a júri popular pelo homicídio.

Durante a operação, foram apreendidas armas e drogas, conforme divulgado pela PM. A comunidade de Paraisópolis, uma das maiores favelas de São Paulo, tem sido foco de diversas operações policiais devido à alta incidência de tráfico de drogas e outros crimes.

A continuidade das ações policiais e o desenrolar do processo judicial são acompanhados de perto pela comunidade e pelas autoridades, dado o impacto significativo tanto na segurança pública quanto nas relações entre a polícia e os moradores de Paraisópolis.

Destaques