Romeu Zema recusa convite para encontro com Lula em Minas Gerais

Segundo assessoria, governador tem agendas no Norte do estado

Por Plox

27/06/2024 10h20 - Atualizado há 15 dias

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), recusou um convite para encontrar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante a visita presidencial ao estado. A decisão de Zema foi comunicada por meio de sua assessoria, que afirmou que a recusa se deve a compromissos já agendados pelo governador.

A visita de Lula a Minas Gerais tem como objetivo a participação em eventos relacionados a obras de infraestrutura e ao lançamento de programas sociais no estado. Apesar da ausência de Zema, o presidente deve se reunir com outras autoridades locais e lideranças políticas para discutir questões importantes para a região.

O relacionamento entre Zema e Lula tem sido marcado por divergências políticas. Enquanto Lula busca fortalecer alianças em diferentes estados, Zema tem se mostrado crítico a algumas políticas do governo federal. Essa recusa pode ser interpretada como mais um capítulo das tensões entre o governo estadual e o federal.

Autoridades e analistas políticos têm observado com atenção as interações entre os líderes estaduais e o governo federal, considerando que essas relações podem influenciar futuras negociações e a implementação de políticas públicas em Minas Gerais.

Romeu Zema Foto: Isac Nóbrega/PR

Apesar da recusa, o governo de Minas Gerais assegurou que continuará colaborando com o governo federal em projetos que beneficiem a população do estado, reforçando o compromisso de trabalhar em prol do desenvolvimento regional, independente das diferenças políticas.

Destaques