Policial Militar à paisana evita suicídio de mulher em Fabriciano

28/01/2019 12:52

A mulher estava sentada de costas com a perna transpassada para pular

Publicidade

Um policial militar à paisana evitou o suicídio de uma mulher, de 35 anos, no viaduto de Coronel Fabriciano-MG, na noite desse domingo (27). De acordo com o policial, ele e a família estavam indo para a igreja, de carro, quando passou pelo viaduto e viu J.R.A. sentada de costas com a perna transpassada para pular.

Conforme o sargento Vanderlei, ele parou o veículo na pista de rolamento, ligou o pisca-alerta e ofereceu ajuda a mulher. Inicialmente, ela resistiu o apoio, depois de mais uma tentativa, J.R. conversou com o policial e disse que queria se suicidar por problemas familiares. O sargento se aproximou e pediu que ela não se matasse e a aconselhou.

viadutoA mulher tentou se suicidar neste viaduto, na avenida governador Magalhães Pinto, em Fabriciano (Foto: Google Street View)

“Antes de eu descer do carro, eu pedi a minha esposa que ligasse para o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar. Minutos depois, os bombeiros chegaram e eu estava parlamentando para ela descer, aí consegui fazer ela descer do peito do viaduto para ela não pular. Fui conversando com ela e levei até ao carro do Corpo de Bombeiros. Os militares fizeram o boletim de ocorrência”, conta o sargento Vanderlei, lotado na 85º Companhia da Polícia Militar, em Timóteo.

Após o boletim, a mulher foi encaminhada ao Hospital São Camilo, onde foi medicada. O policial contatou os familiares, que moram em Ipatinga, que compareceram ao hospital e levaram a mulher.



Publicidade