Chuvas na Bahia: duas crianças mortas e emergência em municípios

Tragédia em Elísio Medrado marca uma série de eventos climáticos adversos no estado

Por Plox

28/01/2024 10h30 - Atualizado há 5 meses

Na Bahia, fortes chuvas resultaram na morte de duas crianças. O incidente ocorreu na sexta-feira, dia 26, em Elísio Medrado, um município do interior, quando um carro com cinco ocupantes foi arrastado pela correnteza do Rio Paraguaçu. A Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) informou que, até o sábado, dia 27, doze municípios foram declarados em situação de emergência devido ao fenômeno climático.

Foto: Reprodução/Rede Sociais

Resposta da Sudec às Chuvas
A Sudec destacou o trabalho contínuo dos municípios na coleta de dados sobre os danos causados pelas chuvas. "É importante ressaltar que as prefeituras municipais ainda estão realizando o levantamento das informações necessárias dos danos e prejuízos causados pelas chuvas intensas. Assim que os dados forem encaminhados para a Sudec, serão compilados e veiculados pelo órgão", afirmou um representante da Superintendência. Além disso, a Sudec está monitorando a situação e promovendo ações de resposta imediata para atenuar os impactos sobre as populações afetadas. "Neste momento, está sendo prestado todo suporte técnico aos municípios e envio de kits de ajuda humanitária, contendo cestas básicas, água mineral, itens de higiene e limpeza, colchões e cobertores", acrescentou a pasta.

 

Lista de Municípios em Situação de Emergência

  • Brumado
  • Medeiros Neto
  • Cícero Dantas
  • São Miguel das Matas
  • Anagé
  • Wanderley
  • Ilhéus
  • Cravolândia
  • Muquém do São Francisco
  • Cotegipe
  • Ubaíra
  • Mutuípe
  •  

Orientações para a População
A Defesa Civil fornece recomendações importantes para situações de chuvas intensas e rajadas de vento:

  • Evitar abrigar-se sob árvores devido ao risco de quedas e descargas elétricas.
  • Não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.
  • Se possível, desligar aparelhos elétricos e o quadro geral de energia.
  • Buscar mais informações junto à Defesa Civil e ao Corpo de Bombeiros.
Destaques