Ônibus de torcedores do Fortaleza apreendido com drogas e explosivos em PE

Polícia libera veículo para seguir viagem ao estádio apesar da apreensão de artefatos ilegais; incidente precede ataque a delegação do clube.

Por Plox

28/02/2024 07h55 - Atualizado há cerca de 2 meses

Em um episódio preocupante ocorrido na última quarta-feira (21), um ônibus transportando torcedores da Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF) foi interceptado pela Polícia Militar de Pernambuco em Goiana, na divisa com a Paraíba. A operação, resultado de um trabalho conjunto de inteligência entre as polícias do Ceará e Pernambuco, revelou a presença de facas, artefatos explosivos, maconha e cocaína entre os itens levados pelos torcedores. Este incidente ocorreu horas antes de um grave ataque ao ônibus que transportava jogadores do Fortaleza, resultando em seis atletas gravemente feridos.

Foto: Reprodução

Detenções e Controvérsias

Cinco adolescentes foram detidos durante a operação, sendo posteriormente liberados após audiência de custódia. A decisão de permitir que o ônibus continuasse sua jornada em direção ao estádio, local da partida contra o Sport pela Copa do Nordeste, gerou questionamentos quanto à conduta das autoridades policiais, especialmente considerando a natureza perigosa dos itens apreendidos.

Investigações em Andamento

A Polícia Civil de Pernambuco confirmou que os eventos relacionados ao jogo de futebol estão sob investigação, mas não forneceu detalhes específicos devido à natureza em curso das apurações. O incidente levantou preocupações sobre a segurança em eventos esportivos e a eficácia das medidas de controle e prevenção de violência entre torcidas.

Reações e Defesas

Rodrigo Guedes, vice-presidente jurídico do Sport, expressou indignação com a liberação do ônibus, indicando que o clube emitirá ofícios questionando as autoridades sobre a decisão. Guedes também levantou suspeitas sobre as intenções da torcida do Fortaleza, sugerindo que o encontro marcado com a torcida organizada do Santa Cruz poderia ter sido um pretexto para confrontos violentos.

Destaques