Base aérea de Canoas recebe voos comerciais e ajuda passageiros afetados por enchentes

Alternativa temporária para voos comerciais após a interrupção no Aeroporto Salgado Filho

Por Plox

28/05/2024 09h13 - Atualizado há cerca de 2 meses

Após um mês de interrupção no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, os primeiros passageiros começaram a utilizar a Base Aérea de Canoas para embarques e desembarques comerciais. A operação emergencial teve início nesta segunda-feira (27), com a Latam realizando os primeiros voos conectando Canoas aos aeroportos de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo.

Foto: Raffa Nedermeyer / Agência Brasil

O impacto das enchentes

A decisão de utilizar a Base Aérea de Canoas ocorreu devido às severas enchentes que afetaram a região. Thiago Silveira, um dos primeiros passageiros a desembarcar, relatou: "Eu tive que vir por causa da enchente toda. Vim ajudar minha mãe e volto em duas semanas". Moradora de Porto Alegre, Tatiana Borin enfrentou dificuldades para retornar de uma viagem ao Rio de Janeiro: "A minha volta estava marcada para semana passada e todos os voos foram cancelados, aí remarcou para hoje. Ainda não sei o que vou encontrar".

Operação emergencial

Com a interrupção das operações no Salgado Filho, a Base Aérea de Canoas começou a funcionar como alternativa. A partir do próximo sábado (1º), as companhias GOL e Azul também iniciarão suas operações, totalizando 10 voos diários, conforme homologado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Rafael Guerra, gerente de Comunicação da Fraport, explicou: "Os passageiros chegam aqui no terminal [shopping], fazem o seu atendimento, check-in, despacham suas bagagens, passam por todos os procedimentos de segurança, e embarcam nos ônibus que os levam até a base aérea de Canoas e até o embarque na aeronave".

Terminal provisório e logística

Um terminal provisório foi montado no Park Shopping Canoas para facilitar o processo de embarque e desembarque dos passageiros. Equipado com todas as instalações necessárias, o local permite que os passageiros realizem check-in, despacho de bagagens e passem pelos procedimentos de segurança antes de serem transportados de ônibus para a base aérea.

Orientações e futuro da operação

A Fraport Brasil orienta que os passageiros se apresentem no terminal provisório com pelo menos três horas de antecedência ao horário do voo. A operação na Base Aérea de Canoas é temporária e será mantida até que o Aeroporto Salgado Filho seja reaberto. Segundo a Fraport, a avaliação dos danos causados pela enchente só poderá ser feita quando as águas baixarem. Atualmente, algumas áreas do terminal estão submersas com até 2,5 metros de água.

Esta medida emergencial visa minimizar os transtornos causados pelas enchentes e garantir a mobilidade dos passageiros até a normalização das operações no Aeroporto Salgado Filho.

Destaques